Diálogo por consenso entre os principais líderes do grupo dinista

O governador Flávio Dino (PCdoB) tenta, de todas as formas, construir um consenso no seu grupo em relação a escolha do candidato a governador para as eleições de 2022.

Um fato a destacar são as aparições dos pré-candidatos em eventos recentes. E agora as reuniões de membros do alto escalão de ambos os “lados” afim de costurar essa unidade, dialogando para chegar a um consenso.

Recentemente, o senador Weverton, pré-candidato ao governo, recebeu a visita do secretário-chefe da Casa Civil e aliado de Brandão, Marcelo Tavares. Não foi divulgado a pauta, mas todos especulam que trataram das eleições e da unidade do grupo.

Por outro lado, o vice-governador Carlos Brandão, também pré-candidato ao governo, recebeu a visita do presidente estadual do PCdoB, deputado federal licenciado e secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano Márcio Jerry.

Jerry é o home forte do governo, braço forte de Flávio Dino e tem uma maior aproximação com Weverton.

Segundo ele, todos os integrantes da base de sustentação política do governo que se sintam em condições de disputar o governo e 2022 tem legitimidade para pleitear a candidatura, porém adianta que este debate ainda não está posto.

O fato é que os dois estão declaradamente em campanha junto lideranças e prefeitos visando se cacifar para o momento em que o governador decidir bater o martelo.
Em entrevista que concedeu ao jornalista George Marques, Jerry deixou claro que o momento é de dialogar, buscar o consenso, assegurar a unidade e consequente evitar um racha no grupo que venha prejudicar o projeto que está sendo desenvolvido desde que 2014.

O secretário observou ainda que a realidade aconselha seguirem juntos para continuar vencendo e ajudando o Maranhão a ser um lugar melhor para todos. Diante que foi exposto pelo dirigente comunista, resta aos dois pré-candidatos baixarem as armas, procurar o entendimento, buscar o consenso e evitar fissuras que possam colocar em risco a unidade do grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *