Weverton: “aliança com o PT está sendo construída de forma natural”

Em entrevista ao Programa Ponto Continuando, da Rádio Educadora AM, o senador Weverton Rocha (PDT), pré-candidato ao Governo do Maranhão, falou sobre a agenda que vem mantendo com o ex-presidente Lula.

O parlamentar disse ter ficado orgulhoso com os gestos de carinho e de reconhecimento dados a ele pelo petista, durante jantar com a classe política no Palácio dos Leões.

“Fiquei surpreso quando entrei no salão onde estava ocorrendo o jantar e o presidente veio até mim, me abraçou, num gesto de reconhecimento da nossa amizade”, afirmou, preferindo não comentar informações de outros políticos que confirmaram que, neste momento, Lula chamou Weverton de “Meu Governador”.

O pré-candidato explicou que a construção da aliança entre PT e PDT, para a disputa pelo comando do Palácio dos Leões, está sendo construída naturalmente, sem forçação de barra e, tão pouco, sem promover constrangimentos a ninguém.

“100% da Bancada do PT no Senado e os deputados federais do partido apoiam esta aliança. Paralelo a isso, tenho recebido adesões importantes do PT do Maranhão, como foi o caso do ex-vereador Honorato Fernandes e de representantes da CUT e do Sindsep. Essa construção [aliança] está ocorrendo de forma natural. Não virei lulista por conveniência. Sempre estive do lado do campo democrático, do Lula. Fui eu quem representou o ex-juiz Ségio Moro na Justiça denunciando a sua imparcialidade. Me coloquei contra o impeachment da ex-presidente Dilma. Estive ao lado do Lula quando ele foi preso injustamente. Portanto, é natural que o ex-presidente e o PT reconheçam o nosso posicionamento”, comentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.