Flávio Dino não cumpre promessa de transição e mantém os seus no governo

O governador Flávio Dino não está cumprindo a promessa que fez para Carlos Brandão, em coletiva na Assembleia Legislativa, durante a abertura dos trabalhos legislativos.

Ele prometeu começar a transição de governo para o seu vice-governador Carlos Brandão nos próximos dois meses. Mas, na verdade, apenas indicou pessoas que são próximas dele em todas as secretarias que tiveram mudanças.

O novo secretário de Segurança Pública do Estado, o delegado Leonardo Diniz, é mais próximo do ex-secretário.

A nova secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Larissa Abdala, é do PDT, eleitora do senador Weverton, e amiga pessoal do governador.

O novo auxiliar da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio, Sérgio Sombra, também é mais próximo de Flávio e Simplício Araújo do que de Brandão.

O chefe do executivo estadual também nomeou 300 integrantes do cadastro de reserva relativo ao concurso da Polícia Militar e mais 36 novos servidores aprovados em concurso para a Aged – Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão, deixando a “bomba” para o próximo governador, Carlos Brandão.

Até o momento, todos os movimentos de Dino foram em favor de si próprio e em nada favorece o seu sucessor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.