PF realiza operação sobre compra de respiradores do Consórcio NE

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (26) uma operação para colher provas em uma investigação sobre desvios na compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste.

Os agentes cumprem 14 mandados de busca e apreensão contra empresários, laranjas e lobistas envolvidos no suposto esquema.

O caso tramita no STJ, porque o governador da Bahia, Rui Costa, que presidia o Consórcio Nordeste na época, também é investigado. Na operação de hoje, no entanto, não há mandados contra governadores.

Costa é suspeito por ter dado autorização à compra de 300 respiradores, que nunca foram entregues. O contrato de compra foi assinado no valor de R$ 49 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.