Veja os mais cotados para deputado federal após a janela partidária

Com a janela partidária, deputados federais trocaram de partidos durante o período autorizado pela Justiça Eleitoral. Outras lideranças políticas também migraram para legendas que acreditam que poderão ser eleitos.

Agora que a janela está fechada e todos já definiram seus partidos, o blog do Clodoaldo faz uma análise, de acordo com a legenda, dos possíveis nomes mais fortes de cada partido que poderão chegar à Câmara Federal.

O PDT, do senador e pré-candidato a Governador Weverton, deve fazer de dois a três deputados federais. Entre os nomes cotados estão: o ex-secretário da Sedes e deputado estadual, Márcio Honaiser, o ex-secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, e a irmã do prefeito de Pinheiro, Luciana Genésio. O partido ainda tem chance de entrar na briga para fazer outro, pois deve ter muitos votos de legenda.

Já o PSB, partido do atual governador Carlos Brandão, poderá fazer de dois a três deputados federais, tendo chance também de fazer um quarto. Entre os mais cotados estão: o ex-candidato derrotado a prefeito de São Luís, deputado estadual Duarte Júnior, o ex-secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto e o deputado federal Bira do Pindaré, indo para a reeleição.

O PT, do pré-candidato a vice-governador na chapa de Brandão, Felipe Camarão, deve fazer no máximo dois deputados federais. Estão cotados os deputados Zé Carlos e Rubens Pereira Júnior.

Já o PCdoB, que antes era gigantesco, agora pode fazer somente um deputado federal. O único com chance é o presidente estadual da legenda, o atual deputado Márcio Jerry, contando com a federação PT-PCdoB-PV.

O PP, apesar de receber inúmeras filiações, deve fazer somente um ou dois deputados federais. O mais cotado é o seu presidente André Fufuca, mais conhecido como “Fufuquinha”. A filha do prefeito de Caxias, Amanda Gentil também tem chances.

O PL, do pré-candidato a governador Josimar de Maranhãozinho, que detém de inúmeros prefeitos e lideranças, deve fazer dois deputados federais. Os mais cotados são: a esposa de Josimar, atual deputada estadual Detinha, e o deputado Júnior Lourenço.

O PSC deve fazer apenas um deputado federal. O cotado é o atual presidente Aluísio Mendes. O partido tem como pré-candidato a governador, Lahesio Bonfim.

O União Brasil, deve fazer dois deputados, podendo chegar ao terceiro se houver uma boa nominata e um grande desempenho nas urnas. Os cotados estão: os deputados Juscelino Filho e Pedro Lucas Fernandes, além do ex-candidato a prefeito de São Luís e deputado estadual, Neto Evangelista.

O MDB pode fazer dois deputados federais e com muita força um terceiro. A primeira vaga é quase garantida para a ex-governadora Roseana Sarney, que deve ter uma votação expressiva. A outra ou as outras vagas serão disputadas entre Hildo Rocha, João Marcelo e Lobão Filho.

O Republicanos deve fazer de um a dois deputados federais. Os mais cotados são Cleber Verde e Gil Cutrim.

Já o PSD deve fazer somente Edilázio Júnior, atual presidente estadual da sigla. O partido tem como pré-candidato a governador Edivaldo Holanda Júnior.

1 pensou em “Veja os mais cotados para deputado federal após a janela partidária

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.