“Desafio que apontem uma votação minha a favor do governo Bolsonaro e contra os trabalhadores”, diz Weverton

O senador Weverton respondeu com dureza às críticas do governador Carlos Brandão e do deputado Márcio Jerry, que o chamaram de bolsonarista. “Vejo nessas falas de Brandão e Márcio Jerry muito medo do que nossa pré-candidatura representa. Há uma tentativa insistente em me dissociar de Lula porque eles sabem que minha história fala mais alto que qualquer coligação formal que eles possam fazer, principalmente considerando que a história de Brandão sempre foi à direita e está trazendo de volta para o seu governo o que há de mais antigo na política do Maranhão”, afirmou Weverton.

O senador avalia que estão tentando nacionalizar a disputa do governo do Maranhão para desviar a atenção dos problemas sérios que precisam ser enfrentados no estado. “Tivemos avanços, mas tem muita coisa a ser feita e Brandão prefere embarcar numa pauta que deixa ele claramente desconfortável a debater o que realmente interessa para as pessoas, que é como vamos gerar emprego, vamos melhorar os indicadores sociais ou vamos resolver questões práticas como as dificuldades para a travessia entre São Luís e a Baixada”, instigou o parlamentar.

Weverton ainda desafiou os governistas a demonstrarem com fatos essa aproximação com o bolsonarismo.

“Desafio que apontem uma votação minha que tenha sido a favor do governo Bolsonaro e contra os trabalhadores. Desafio que mostrem uma atitude minha contra o ex-presidente Lula. Assim como desafio o governador Brandão a demonstrar que esteve ao lado do Lula nos momentos mais difíceis e antes dessa eleição”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.