Brandão chega ao teto de transferência de Dino e preocupa Palácio

O governador-tampão Carlos Brandão vem chegando ao teto de transferência de votos que pode receber do seu antecessor Flávio Dino.

Historicamente, um governante é capaz de transferir de 30% a 60% da sua intenção de votos ao seu candidato. Foi o caso de Haddad em 2018, que herdou parte dos votos de Lula, mas não todos. Acabou derrotado por Bolsonaro.

Dino hoje tem de 50 a 60% das intenções de voto ao Senado de acordo com as pesquisas. Nessa média, tende a transferir votos para Brandão alcançar até 30%.

O resto dependeria do próprio candidato. Brandão está chegando próximo de seu teto. Daqui em diante é com o próprio candidato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.