Carlos Brandão diz que ainda não há previsão para seu retorno ao Maranhão

Em entrevista ao quadro “Bastidores” do Bom Dia Mirante, o governador-tampão, Carlos Brandão (PSB), explicou a demora em sua recuperação após ser submetido a uma cirurgia para a retirada de um cisto nos rins no hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo (BP).

Para que seja liberado, Brandão disse que os médicos estão aguardando a liberação da linfa – líquido do sistema linfático – pelo seu organismo, processo feito por meio de um dreno.

“A cirurgia foi um sucesso e foi bem sucedida. No entanto, o pós-operatório é um processo que depende de organismo para organismo. Após a operação, geralmente se coloca um dreno para drenar a linfa, que precisa ser extraída do organismo. Isso demora de três a quatro dias em condições normais, no meu caso demorou um pouco mais porque cada organismo tem uma reação diferente. É um processo mais lento, eu diria que mais do que doença é paciência. Então eles estão encontrando uma medicação para reduzir essa linfa e me liberar o mais rápido possível”, explica Brandão.

Carlos Brandão também disse que ainda não há previsão para o seu retorno ao Maranhão. Por conta da cirurgia, assumiu interinamente o lugar de Brandão, o desembargador e presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), desembargador Paulo Velten. Ele tomou posse no último dia 1º, em São Luís.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.