Às vésperas do período vedado, governo abre 5 mil vagas de estágio

O governo do estado criou cerca de 5 mil vagas de estágio na véspera do período vedado, através do programa “Trabalho Jovem”.

Seis municípios foram contemplados nesta etapa: a Região Metropolitana de São Luís (3 mil vagas); Imperatriz (700 vagas); Timon (400 vagas); Caxias (400 vagas); Balsas (300 vagas); e Colinas (200 vagas).

Segundo o Governo, cada estagiário receberá bolsa no valor de R$ 600,00. Eles atuarão em órgãos da administração pública estadual, com duração de 6 meses.  O público são estudantes de 17 a 25 anos, do Ensino Médio da Rede Pública Estadual, que serão escolhidos por meio de sorteio.

O governo usa assim o programa para distribuir bolsas e tentar ainda ter ganho político no apagar das luzes do período permitido pela legislação eleitoral. E ataca um público onde o governador Brandão tem pouca penetração. Político da velha guarda, Brandão é pouco conhecido entre a juventude. O afago, na forma de “oportunidade”, chega num momento crucial para que o governador tente reverter a vantagem de Weverton Rocha, que lidera as pesquisas de intenção de votos e tem muito mais força com o público jovem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.