União Brasil decidirá seu destino no Maranhão em convenção dia 5 de agosto

Os deputados federais Juscelino Filho e Pedro Lucas Fernandes seguem disputando a indicação da aliança do partido União Brasil no Maranhão. Juscelino e o deputado estadual Neto Evangelista querem o partido na coligação do PDT, que tem como pré-candidato a governador o senador Weverton. Com indicado comandando a Sedes, Pedro Lucas tenta levar o partido para a coligação do governador e pré-candidato à reeleição Carlos Brandão.

Com muita força na nacional, tendo sido inclusive indicado como líder do partido na Câmara, Juscelino segue brigando pela aliança com o PDT no Maranhão. Weverton inclusive se licenciou do mandato de senador dando ao União Brasil o mandato para Robert Bringel. Caso Weverton seja eleito governador, o União terá o mandato em definitivo.

Pedro Lucas trouxe recentemente o vice-presidente nacional do União Brasil, Antônio Rueda, ao Palácio dos Leões, tentando convencer o partido com os espaços de poder que possui momentaneamente a legenda.

Em meio à disputa, o União Brasil deixou para fazer sua convenção apenas no último dia do prazo, 5 de agosto. Quando definirá o seu destino no Maranhão.

Maior partido do Brasil, o União vale muito pelo tempo de TV que dará a seu candidato. Para Brandão, vale muito mais para tentar esvaziar seu principal opositor, lhe tirando o maior partido, já que o atual governador já tem um bom tempo com PT, PSDB e MDB na sua coligação. Weverton tem seu próprio PDT, que tem bom tempo, e o PL. Com o União Brasil teria um tempo de TV semelhante ao do adversário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.