Prefeitos não conseguem convencer eleitores a votar em Edinho Lobão

Prefeito Valério, de Governador Archer, decepcionado com desempenho do Edinho em seu município

Prefeito Valério, de Governador Archer, decepcionado com desempenho do Edinho em seu município

Os prefeitos do interior do Maranhão que apoiam o Clã Sarney estão sentindo a dificuldade de convencer seus eleitores a votarem no Senador Edinho Lobão (PMDB) para o governo do estado. Apesar da ainda forte subserviência da população do interior pela dependência das prefeituras, a rebeldia é grande dos eleitores que não conseguem convencer, principalmente o eleitorado mais jovem, a votar no grupo que domina o Maranhão há 50 anos.

O titular do Blog encontrou o prefeito de Governador Archer, Jackson Valério (PTdoB), aliado ferrenho do grupo Sarney, que estava em São Luís penando para resolver problemas de convênios com o governo do estado. O prefeito conversou sobre a situação política do município, onde o convencimento do eleitorado já não é mais o mesmo. “É muito difícil. Estamos tentando, mas o jovem hoje forma mais opinião dentro de casa do que o chefe da família. Nós estamos em uma luta árdua, onde não conseguimos convencer as pessoas. O povo quer mudar. O Luís Fernando era um produto mais fácil de vender. Mas o Lobão Filho…”, lamentou o prefeito.

Valério citou o caso de um homem extremamente humilde do município, que ainda embriagado, foi questionado pelo prefeito sobre o voto. E foi rígido na resposta: “não dr. Valério. Eu voto nos seus deputados, mas para governador eu vou votar no Dino”. E por mais argumentos que tenta impor, o prefeito não consegue convencer o eleitorado.

O chefe do executivo municipal de Governador Archer também lamenta o fato do próprio governo ter desprestigiado os prefeitos durante toda a gestão, que agora têm muitas dificuldades nas administrações, gerando também desgaste com o povo e ainda menos poder de persuasão. “Com o governo federal, a burocracia é terrível para a liberação de convênio. O governo que acompanha a dificuldade e poderia facilitar. Mas os prefeitos chegam em uma reunião onde os secretários estaduais colocam muitas pendências e dificultam também a liberação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *