Começa hoje vacinação contra influenza em São Luís

A Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) inicia, nesta segunda-feira (12), a campanha de vacinação contra a Influenza na capital maranhense. A meta, com base na orientação do Ministério da Saúde (MS), é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários.

A imunização acontecerá das 8h às 17h, de segunda a sábado, em 61 locais de vacinação, de acordo com a coordenação de imunização da pasta. São apontados como grupos prioritários da campanha deste ano as crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (que acabaram de dar a luz), povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos ou mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento e forças armadas.

Além destes públicos, serão vacinados caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e a população privada de liberdade.

Para garantir o cumprimento da meta da campanha, a Semus montou um cronograma oficial em que serão vacinadas as crianças por dia específico. Nesta segunda-feira, dia 12, serão imunizadas contra a influenza somente as crianças entre seis meses e um ano de idade. Nos dias 13 (terça-feira) e 14 (quarta-feira) será a vez das crianças de um ano de idade.

Nos dias 15 e 16 deste mês, a imunização prossegue, voltada para atender as crianças com 2 anos de idade. Nos dias 17 (sábado) e 19 (segunda-feira) deste mês, serão imunizadas crianças de 3 anos; nos dias 20 (terça-feira) e 21 (quarta-feira), são vacinadas crianças com 4 anos de idade e nos dias 22 (quinta-feira) e 23 (sexta-feira) deste mês, são vacinadas contra a influenza apenas as crianças com 5 anos de idade.

Nos sábados, dias 17 e 24 deste mês, os postos estarão abertos das 8h às 17h para atender aos chamados retardatários, ou seja, somente os pais ou responsáveis legais que perderam os prazos anteriores de chamamento do cronograma oficial. Para a vacinação contra a Influenza, ao contrário da campanha contra a Covid-19, não é necessário cadastro prévio, bastando levar a carteira de vacinação da criança.

Na segunda etapa da campanha, a Semus contemplará os demais públicos prioritários – gestantes, puérperas e profissionais de saúde – que serão chamados a partir do dia 27 deste mês.

Orientações – A Semus está seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, que não recomenda a aplicação das doses da vacinação de forma simultânea. As pessoas contempladas com a vacinação contra o coronavírus, após as duas doses, devem aguardar por 14 dias após a imunização para, em seguida, se vacinar contra a influenza.

Grupos prioritários para vacinação contra a Influenza

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias)

Gestantes

Puérperas

Povos indígenas

Trabalhadores da saúde

Idosos com 60 anos ou mais

Professores das escolas públicas e privadas

Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais

Pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas

Caminhoneiros

Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso

Trabalhadores portuários

Funcionários do sistema prisional

Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas

População privada de liberdade

1° etapa

De 12 a 24/04 – Crianças

Dia 12: 6 meses a 1 ano

Dias 13 e 14: 1 ano

Dias 15 e 16: 2 anos

Dias 17 e 19: 3 anos

Dias 20 a 21: 4 anos

Dias 22 e 23: 5 anos

Dia 24: retardatários

2° etapa

De 27/04 a 10/05

Gestantes

Puérperas

Profissionais da saúde

UNIDADES E LOCAIS COM VACINA INFLUENZA POR DISTRITO

C.S da Liberdade

Centro de Saúde Paulo Ramos

C.S Bezerra de Menezes

USF do São Francisco

C.S. Vila Bacanga

U. M. Itaqui Bacanga

C. S. Clodomir P. Costa

C. S. Valdecy Eleoteria Martins

C. S. São Raimundo

C. S Yves Parga

C.S. Vila Nova

Hospital Aquiles Lisboa

C.S. da Vila Embratel

C.S. do Gapara

C.S Bairro de Fátima

U.M Coroadinho

C.S Carlos Macieira

PSF Dr. Antonio Guanaré

Posto de Saúde do Anil

C.S Genésio Ramos Filho

C.S Cohab – Anil

C.S Salomão Fiquene

C.S Djalma Marques

C.S Turu

Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes

UBS Cintra

C. S Genésio Rego

APAE no Outeiro da Cruz

C.S. Amar

Policlínica do Vinhais

C.S. Radional

C. S. da Vila Lobão

C.S. João de Deus

U.M. São Bernardo

Policlínica C. Operária

C.S Santa Bárbara

C. S. Drª Nazaré Neiva

USF Dr.Antonio Carlos S. Reis I

USF Maria Ayrecila II

USF Jailson Alves III

USF Santa Clara

USF Santa Efigênia

C.S São Cristóvão

USF Pirapora

USF Fabiciana Moraes

C.S Vila Janaína

UBS Expedito Alves de Melo

PS Coquilho

C.S. Itapera

C.S. Quebra Pote

C.S. Tales Ribeiro Gonçalves

USF Vila Sarney

C.S. Pedrinhas I

C.S. Pedrinhas II

C.S. Tibiri

C.S. Maracanã

USF Coqueiro

C. S. Jose de Ribamar Frazão

C.S. Laura Vasconcelos

C. S. Rio Grande (Mª de Lourdes)

C.S Vila Itamar

Inscrições para auxílio emergencial a guias e transportes turísticos termina nesta segunda (12)

Vão até a próxima segunda-feira, 12 de abril, as inscrições para o Auxílio Emergencial do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), que irá beneficiar guias de turismo e empresas e profissionais de transporte coletivo que atuem com fretamento e turismo de passageiros. Neste Edital, será disponibilizado o auxílio no valor de R$ 600 para guias e o valor de R$ 1.000 para o transporte turístico.

As inscrições estão sendo realizadas no site auxilio.turismo.ma.gov.br. Para o cadastro, alguns dados são preenchidos automaticamente após a inclusão no sistema do número do Cadastur; em anexo são pedidos apenas comprovante de endereço (atualizado de domicílio ou sede do Maranhão) e comprovante bancário.

Critérios para a inscrição

O primeiro critério obrigatório para ambas as categorias é possuir o Cadastur (Cadastro dos Prestadores de Serviços no Turismo). Os guias precisam comprovar residência no Maranhão e possuir conta corrente de titularidade própria do requerente do benefício. Já as empresas voltadas ao turismo de passageiros, além de inscrição no Cadastur, devem possuir inscrição ativa na Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB) e possuir conta corrente de titularidade da empresa habilitada.

Ao preencher o cadastro, verifique se seus dados e todos os campos estão preenchidos corretamente. Atenção ao espaço após o e-mail e ao dígito verificador da agência. Caso não complete a inscrição, tente mudar de navegador ou acessar de outro computador.

O auxílio será creditado diretamente na conta corrente informada no formulário a partir de 15 de abril de 2021, logo após todas as validações por parte da Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

Cestas básicas

Governo e Prefeitura de São Luís estão trabalhando juntos para minimizar impactos da pandemia para quem mais precisa na distribuição de cestas básicas. “Começamos na quinta-feira (8) nova etapa de entrega das cestas básicas para profissionais do turismo. Hoje entregamos para guias e artesãos e seguiremos, em parceria com a Setur São Luís, na entrega, durante a semana e seguindo todos os protocolos sanitários, para quem trabalha com eventos, intérpretes, transportes, bares e restaurantes”, explicou o secretario de Estado do Turismo, Catulé Júnior.

Semed debate com Ministério Público sobre início do ano letivo na rede municipal de São Luís

Com o objetivo de acompanhar o retorno das aulas na rede municipal de educação e o cumprimento das diretrizes educacionais e sanitárias, o Ministério Público do Maranhão realizou uma reunião nesta quinta-feira, 8, por meio virtual, com a vice-prefeita e secretária municipal de Educação de São Luís, Esmênia Miranda, e a sua equipe.

Os promotores de justiça que atuam na defesa da Educação, Paulo Silvestre Avelar Silva e Lindonjonson Gonçalves de Sousa, conduziram a reunião, que contou, ainda, com a participação da presidente do Conselho Municipal de Educação de São Luís, Isabella Rodrigues Caracas; e a presidente do Conselho Estadual de Educação, Soraia Raquel Alves da Silva.

Paulo Avelar solicitou informações sobre a situação do sistema municipal de educação, das escolas, da oferta de conteúdos e da merenda escolar, dentre outros aspectos, considerando o início, em março, do ano letivo 2021. “O Ministério Público quer minimizar o impacto na área educacional diante do cenário de pandemia”, afirmou.

A presidente do Conselho Estadual de Educação, Soraia Raquel Alves da Silva, ressaltou a necessidade de diálogo e trabalho conjunto de gestores, professores, equipe técnica e Ministério Público. “Repensar é necessário. E é preciso unir forças”, sintetizou.

Igualmente se manifestou a presidente do Conselho Municipal de Educação de São Luís, Isabella Rodrigues, enfatizando que o órgão tem trabalhado para que diretrizes e pareceres do Conselho Nacional e do Conselho Estadual de Educação sejam seguidos no período pandêmico.

Esmênia Miranda e a equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semed) apresentaram um relatório sobre as atividades desenvolvidas nestes primeiros 30 dias de aulas, além de outras providências para aperfeiçoar a rede. “Essa segunda onda afetou muito nosso plano de ação. São mais de três meses de gestão e 30 dias do ano letivo”.

Foram apresentados dados sobre carga-horária, currículo, educação infantil, reforma das escolas, criação de laboratório de informática nas escolas, inclusão digital, formação de gestores e professores.

Ela destacou que 73 mil alunos da rede foram inseridos em uma plataforma google e cadastrados em e-mail institucional para acesso dos sistemas e atividades em rede, além da inserção de gestores e professores.

Também, segundo a gestora educacional, são entregues atividades impressas nos casos de alunos sem qualquer acesso a meios tecnológicos. Ela esclareceu que,  neste momento de suspensão das atividades presenciais, a comunicação com os pais tem sido por meio de grupos de Whatsapp para o auxílio e repasse de informações.

Emergencialmente, a equipe da Semed fez um levantamento nas áreas de maior densidade de alunos sem acesso à internet e iniciou a implantação de laboratórios de informática que terão entre 10 e 12 computadores, montados em escolas consideradas pólos. O intuito é possibilitar, com agendamento prévio e obedecimento aos critérios de distanciamento e demais protocolos sanitários, aos estudantes, a realização de atividades, pesquisas, além da implantação, no futuro, do sistema híbrido. Atualmente, as aulas são todas remotas.

Inicialmente, segundo Esmênia Miranda, serão instalados seis laboratórios e todos com acesso à internet. O planejamento da Semed prevê 33 laboratórios no total.

Além disso, foram abordados temas como a produção de conteúdo pelos professores, banco de videoaulas para os professores utilizarem como recurso de aprendizagem e complemento das atividades.

A gestora informou, ainda, que foram detectadas inconsistências no contrato para aquisição de chips que permitiria acesso à internet pelos alunos e também irregularidades nas reformas realizadas em unidades escolares, causando prejuízo aos cofres públicos.

O promotor de justiça Lindonjonson Gonçalves orientou a secretária a repassar, oficialmente, ao MPMA, todas as inconsistências e supostas irregularidades para que o órgão faça a investigação necessária.

Ele cobrou da Semed agilidade na organização de  uma plataforma educacional permanente no sistema híbrido, pois as aulas são ministradas pelo sistema remoto. “É preciso que se estabeleça uma plataforma regular, independentemente de pandemia ou não.”

Pedro Lucas destaca poder de articulação de Weverton para alianças com partidos de todos as linhas

Em entrevista à TV Mirante, o deputado federal Pedro Lucas (ainda no PTB) falou sobre a mudança de rumo partidário e o futuro político após o anúncio de que irá para o PSL e vai apoiar o projeto de candidatura do senador Weverton Rocha ao governo do estado.

Ao ser questionado sobre as divergências ideológicas entre o PDT de Weverton e o PSL, Pedro afirmou que a habilidade de articulação do senador deixa o partido à vontade para o apoio, sendo que o leque de alianças de Weverton é constituído de partidos de direita, esquerda e centro.

“O presidente Rueda aponta o PSL como o partido liberal. Claro que há divergências com outros partidos. Mas precisamos primeiro deixar o partido organizado nos estados para depois pensar em candidatura a presidente. Aqui, no Maranhão, o PSl vai apoiar o senador Weverton Rocha para o governo. Ele tem mostrado muita articulação. São partidos de direita, esquerda, centro que estão nesse projeto. Com essa desevoltura não teremos problema nenhum. Ele respeitas nosso posicionamento e nós respeitamos o dele”

Prefeitura de São Luís começa a vacinar profissionais da segurança pública

A prefeitura de São Luís, atendendo às novas determinações do Plano Nacional de Imunização contra covid-19, já começou a vacinar um novo público alvo nesta segunda-feira (5).

Já estão sendo vacinados militares das Polícias Federal, Rodoviária Federal e Guarda Municipal. Já na quarta-feira (7) serão imunizados os militares do 24º BIS, que estão lotados no bairro João Paulo, na capital.

Para receber a dose da vacina, os militares precisam levar sua carteira funcional ou documento oficial com foto. A vacinação vai acontecer no horário das 8h às 18h.

Além dos militares, a vacinação contra a Covid-19 continua nesta segunda-feira para os idosos com idade de 68 anos. Pela manhã se vacinam os nascidos entre os meses de julho a setembro e pela tarde, os nascidos entre outubro a dezembro.

Na terça-feira (6) serão imunizados os idosos de 67 anos. Pela manhã se vacinam os nascidos entre janeiro a março e pela tarde, os nascidos entre abril a junho. Na quarta-feira (7) continua a vacinação de idosos de 67 anos. Pela manhã se vacinam os nascidos entre julho a setembro e pela tarde, os nascidos entre outubro a dezembro.

Prefeitura de São Luís lança Programa Peixe na Mesa

A Prefeitura de São Luís lançou, nesta quarta-feira (31), o Programa Peixe na Mesa. Mais de 50 mil famílias vão ser beneficiadas com a iniciativa, que acontecerá em vários pontos da cidade.

“O Programa Peixe na Mesa está sendo executado pela Secretaria de Segurança Alimentar (SEMSA). Já fizemos o levantamento das famílias, abrigos e instituições que serão beneficiados com mais de 120 toneladas de peixe nessa primeira fase do programa”, informou o prefeito Eduardo Braide.

Por conta da pandemia, a entrega dos peixes será feita de forma descentralizada. O levantamento das famílias, bem como abrigos e instituições foi feito pela SEMSA, com o apoio da Secretaria da Criança e Assistência Social (SEMCAS).

“Segurança alimentar representa saúde pública neste momento em que muitas famílias estão com dificuldade de botar comida na mesa. Na Semana Santa os pescados são muito bem-vindos. Seguiremos com essas entregas até o fim da semana em todas as regiões da nossa cidade, beneficiando a população mais vulnerável”, disse o secretário municipal de Segurança Alimentar, Junior Vieira.

Coube aos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), a definição das famílias a serem beneficiadas com o Programa Peixe na Mesa. Dentre os beneficiários estão os que recebem Bolsa Família, famílias em situação de vulnerabilidade social e inscritos no CadÚnico. Cada CRAS estabeleceu os pontos para distribuição dos peixes e fará a informação aos beneficiários. Já abrigos e instituições serão informados pela SEMSA, que fará a articulação da distribuição dos peixes.

O alimento chegou em boa hora para a família da dona de casa, Marlene Teixeira dos Santos. “Vai fazer a diferença para minha família nessa Semana Santa porque está muito difícil e tudo muito caro. Neste momento toda ajuda é muito bem vinda”, comentou.

Quem também ficou feliz em receber os pescados foi Alexandro Lima Reis, morador da Vila Esperança. “Agradeço a Deus por esse peixe recebido hoje. Minha família estava precisando demais. Já é o almoço e janta desses dias”, comentou.

A primeira edição do Programa Peixe na Mesa será realizada até sexta-feira (2/04).

“O Programa Peixe na Mesa é mais um compromisso honrado que assumi com a nossa cidade. Vamos ampliar a iniciativa, com o objetivo de alcançar, cada vez mais, as pessoas que mais precisam”, concluiu o prefeito Eduardo Braide.

João de Deus recebe título de reconhecimento como primeiro bairro sustentável de São Luís

A Comunidade do Bairro João de Deus, representada pelo Movimento Popular de Lutas Urbanas do Bairro João de Deus, recebeu na última sexta-feira (26), o título de atitude cidadã pelo projeto EURECICLO, projeto este que tem por objetivo conscientizar e/ou sensibilizar a comunidade a gerenciar seus resíduos sólidos.

O Projeto se tornou pioneiro no bairro, por que é trabalhado a Educação Ambiental nas escolas, entidades comunitárias, entidades religiosas, moradores e no comércio local.

Com o título de atitude cidadã, concedido pelo Instituto Lixo Zero Brasil e o Coletivo Lixo Zero São Luís, o Bairro João de Deus se torna o primeiro bairro sustentável da capital e modelo para as outras comunidades.

O Presidente do Movimento Popular de Lutas Urbanas do Bairro João de Deus, Prof. Wenderson Vasconcelos, ressaltou que a comunidade precisa aprender a gerenciar o seu resíduos, por que somos responsáveis por eles, precisamos cuidar da nossa Casa Comum,finalizou.

O projeto cumpri um dos 17 objetos de desenvolvimento sustentável proposto pela Organização das Nações Unidas – ONU.

Guarda-Vidas Municipais intensificam patrulhamento nas praias Olho d’Água e Ponta d’Areia

O Corpo de Guarda-Vidas da Guarda Municipal de São Luís (GMSL) está reforçando o patrulhamento nas praias do Olho d’Água e Ponta d’Areia, ambas de competência do Município. As atividades, no Olho D’água, foram deslocadas para uma tenda móvel que está servindo de base provisória, por conta dos serviços de construção do posto de salvamento, que integra o projeto de prolongamento da Avenida Litorânea. A previsão é de que as obras terminem em 180 dias.

A reforma do posto do Olho D’água está sendo executada pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). Para que o trabalho de patrulhamento pudesse ter prosseguimento, os guarda-vidas estão contando com o apoio da Defesa Civil municipal e a parceria da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão. Na Ponta D’areia, há um posto-base para as ações do grupamento.

Os guarda-vidas usam equipamentos como quadriciclos e flutuadores (também conhecidos como “salsichões”), além de torres de observação e do trabalho de ronda em toda extensão das duas praias.

 

Cuidados

Neste período chuvoso é grande a incidência de raios, e por conta disso, os guarda-vidas estão orientando aos banhistas nas praias do Olho d’Água e também na Ponta d’Areia sobre as precauções que devem ser seguidas. “Há vários estudos científicos que comprovam que, durante tempestades, o risco de um raio cair nas praias é grande, por ser uma área descampada. Não é recomendável ficar na praia quando está chovendo forte. Os nossos guarda-vidas estão reforçando as ações preventivas aos frequentadores das praias”, enfatizou o secretário Marcos Affonso.

O subinspetor Antônio Carlos, gestor do Corpo de Guarda-Vidas da Guarda Municipal de São Luís, destaca que é sempre necessário prudência para os banhistas. “É importante que as pessoas fiquem atentas às nossas bandeiras vermelhas, que sinalizam trechos perigosos e as condições do mar. O ideal é que a água não ultrapasse a altura da cintura. Todos os cuidados devem ser tomados para que a diversão e o lazer não se transformem em tragédia”, pontuou.

Carlos Brandão perde o Republicanos

O vice-governador Carlos Brandão perdeu o controle do partido Republicanos. Depois de anunciar que mesmo se filiando ao PSDB o partido continuaria na sua base de sustentação, o vice tomou um revés em Brasília. A direção nacional do Republicanos não gostou nada da forma como  Brandão saiu sem dar explicação.

 O presidente nacional do Republicanos, Marcos Pereira, ficou muito chateado por Brandão ter deixado o partido sem explicar a saída e conversar sobre o tema com a legenda, e ainda sair dizendo que mantém o Republicanos debaixo do braço. Ele lembrou que inclusive deu a vice-presidência nacional para Brandão e garantiu a legenda para disputar a eleição de 2018 quando Roberto Rocha tentava levar o PRB. Ainda assim, o vice-governador preferiu sair sem sequer dizer tchau.

Quem está se filiando à legenda é o deputado federal Gil Cutrim. O ex-pedetista vinha tendo uma conversa com o próprio PSDB, partido agora de Carlos Brandão. Com isso, o Republicanos deixa as hostes de Brandão e passa a ser do grupo liderado pelo senador Weverton Rocha.

Prefeitura de São Luís e Câmara de Vereadores alinham ações de combate à Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e a Câmara Municipal de Vereadores de São Luís se reuniram, nesta segunda-feira (15), por videoconferência, para tratar da cobertura vacinal contra a Covid-19, as providências tomadas para o combate ao coronavírus na capital, além de outros assuntos como a reforma e ampliação de unidades de saúde e incremento de serviços.

Em sua participação, o secretário da Semus, Joel Nunes, enfatizou que a gestão do prefeito Eduardo Braide tem feito vários esforços para enfrentar a doença, com importantes ações, como a inclusão de 120 novos leitos para a Covid, mas que a situação ainda é considerada grave na capital. O titular da pasta informou ainda que mais 10 leitos (deste total de 120) serão entregues nesta terça-feira (16) em parceria com o Hospital Universitário Presidente Dutra, destinados para atendimento de casos mais graves da doença.

Sobre a vacina, o titular da Semus confirmou que, até o momento, a cidade recebeu 82 mil doses e, destas, 77 mil já foram aplicadas. “Nossa campanha ocorre em um ritmo mais do que satisfatório. A questão é que não há oferta de doses suficientes para que a cobertura vacinal seja maior. Por isso, o Município trabalha para a compra via Consórcio das Prefeituras”, disse.

Os vereadores, por sua vez, garantiram o encaminhamento de emendas específicas para o uso de compra de imunizantes que se somarão ao orçamento próprio da Prefeitura para a aquisição de doses.

O secretário Joel Nunes destacou ainda a importância do programa Estratégia Saúde da Família, que identifica pessoas, em especial idosas e que, porventura, não tenham acesso à internet para efetivarem o cadastro na plataforma de vacinação do Município.”Iniciamos este trabalho com a anuência do prefeito Braide, fazendo contato prévio e agendamento da vacinação deste público”, afirmou.

O presidente da Mesa Diretora da Câmara de São Luís, vereador Osmar Filho, destacou a importância da união dos poderes neste momento. “Trata-se de uma crise sem precedentes e toda união é necessária neste momento para derrotarmos este vírus. Por isso, é importante o esforço do Legislativo para destinação de recursos para a ampliação de leitos e outros serviços”, concluiu.