Weverton: “Sei que o Flávio vai continuar permitindo que a mudança no Maranhão siga republicana”

Foi realizado em Pinheiro na noite desta sexta-feira, 17, a quarta edição do projeto Maranhão Mais Feliz, organizado pelo PDT para discutir propostas para o estado dentro do plano que tem como pré-candidato a governador o senador Weverton Rocha.

O senador agradeceu ao governador por não interferir para que todos os seus aliados pré-candidatos busquem a viabilidade de seus projetos.

“Quero destacar a postura republicana que o governador Flávio Dino teve. Deixou cada se viabilizar. Isso nos dá as condições de chegar hoje querendo ser o candidato do governador, do presidente Lula, do Ciro, mas queremos ser a candidatura do povo”, afirmou.

Ele ainda afirmou que quem assumir tem mais do que obrigação de dar continuidade às boas ações do governo.

O senador ainda afirmou que Dino logo será presidente da República. “Eliziane, vou ver o Flávio contigo como senador em Brasília. E podemos ter o próximo presidente da República do Maranhão com essa experiência”, afirmou.

Na cidade onde o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, tem como uma das suas principais bases eleitorais, o deputado ressaltou a força da baixada dentro do projeto e como ele se mantém firme ao lado de Weverton.

Weverton voltou a falar sobre o pedido de desculpas que tinha divulgado falando sobre vices. “Temos a capacidade de quando errar, pedir desculpas. Isso não nos deixa menor ou indiferente dessa grande luta”.

Até agora, somando os quatro eventos, 81 prefeitos participaram dos atos do Maranhão Mais Feliz.

Diego Sá terá que devolver mais de R$ 100 mil aos cofres da CAAMA

O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão (CAAMA), Diego Sá, terá que devolver aos cofres da entidade mais de R$ 100 mil, recursos, estes, que não tiveram a sua aplicação comprovada em benefício dos causídicos do Estado.

A decisão foi tomada pelo Conselho da OAB/MA durante sessão plenária realizada na noite de ontem e na qual as contas de Sá, que se coloca como pré-candidato à presidência da Ordem, foram aprovadas com ressalvas, sendo que a maioria do colegiado aprovou relatório elaborado pelo conselheiro Raimundo Everardo Rodrigues Júnior, que analisou balanço financeiro da Caixa referente ao ano de 2020.

Somente com o pagamento de diárias e adiantamentos, com ressarcimento para membros da diretoria da CAAMA, Diego Sá terá que restituir a categoria dos advogados com as quantias de R$ 38.800 e R$ 32.500, respectivamente.

Vale destacar que a liberação deste tipo de pagamento é proibida pelo Conselho Federal da Ordem.

O valor de R$ 38.000, referente a outras despesas sem comprovação, também terá que ser devolvido.
A prestação de contas de Sá, de acordo com análise da Comissão de Contas, apresentou outras situações, no mínimo, inusitadas que apontam, por exemplo, para um gasto, no valor de R$ 169 mil, feito para aquisição de mobília que, de acordo com o próprio pré-candidato, continua armazenada na sede da Caixa.

Especificamente sobre este caso, foi lhe dado prazo de dez dias para que apresente relatório fotográfico, com placas de tombamento, confirmando a existência da mobília adquirida e ainda não usada.

Carlos Lula pede posicionamento da Anvisa sobre suspensão da vacinação de adolescentes e diz que MA seguirá vacinando

O presidente do Conselho Nacional de Secretário de Saúde (Conass) e secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, encaminhou ofício para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exigindo posicionamento sobre a continuidade da vacinação de adolescentes contra a Covid-19 no país.

No documento assinado por Carlos Lula, o Conass pede “imediato posicionamento da ANVISA sobre a autorização para uso da vacina em adolescentes de 12 a 17 anos”. A medida questiona a nota do Ministério da Saúde que orienta a suspensão da vacinação em adolescentes sem comorbidade, que contradiz a autorização da Anvisa.

O ofício alerta para a necessidade de avançar na vacinação de adolescentes com e sem comorbidades. “A vacinação dos adolescentes cumpre importante papel na estratégia de controle da pandemia no Brasil”, diz o texto.

O secretário emitiu nota em seguida, afirmando que seguirá a vacinação até que tenha resposta.

O Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde também assina o documento. Leia completo abaixo.

Flávio Dino pode ser candidato único ao senado

Ao que tudo indica, o governador Flávio Dino tem tudo para disputar sem concorrência relevante o senado federal. Os principais candidatos ao governo devem apoiar sua candidatura. Assim, Dino disputaria apenas contra candidatos sem relevância que farão chapa com candidatos a governador sem expressão.

Até o momento, seguem as tratativas pelo consenso entre os pré-candidatos ao governo do grupo dinista. Está marcada para novembro nova reunião entre os líderes partidários para continuar a discussão em torno da candidatura única do grupo.

Porém, hoje a tendência é que esse consenso não exista e saiam pelo menos duas candidaturas do mesmo grupo: a do vice-governador Carlos Brandão e do senador Weverton Rocha. Dentro desse contexto, não fica descartado que o secretário Simplício Araújo também mantenha sua candidatura e todos busquem seu projeto.

Mas, diante do cenário destes candidatos seguirem com o governador, é forte o indicativo de que o candidato ou os candidatos que não tiverem o partido de Dino na coligação, não lancem candidato a senador, mantendo o apoio ao socialista. Assim, Flávio também mantém isonomia em relação aos seus aliados.

As conversas em torno deste acerto estão acontecendo.

São Luís não registra nenhum caso de covid-19 nas últimas 24 horas

São Luís não registrou nenhum óbito ou paciente infectado nas últimas 24 horas, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado na noite deste domingo (12), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Além do bom resultado em São Luís, também não foi registrada nenhuma morte por covid em todo o Maranhão nas últimas 24 horas: os seis óbitos contabilizados aconteceram nas cidades de Bom Jesus das Selvas (2), Imperatriz (2), Bacabal (1) e Santo Antônio dos Lopes (1), em dias/semanas anteriores, e aguardavam resultado de exame laboratorial.

São Luís ultrapassou a casa de meio milhão de pessoas com a vacinação completa contra covid. Até o sábado (11), 530.776 pessoas já estavam vacinadas com a segunda ou única dose. Também já foram aplicadas 3.419 doses de reforço.

No Maranhão, caminhoneiros bloqueiam BR-230 próximo a Riachão e São Raimundo das Mangabeiras

Caminhoneiros que apoiam o presidente Jair Bolsonaro promovem manifestações e bloqueiam rodovias em todo o país na manhã desta quinta-feira (9). Segundo boletim do Ministério da Infraestrutura com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram confirmados bloqueios em rodovias de pelo menos 15 estados: SC, RS, PR, ES, MT, GO, BA, MG, TO, RJ, RO, MA, RR, PE e PA.

Em muitos estados, os postos de combustível já aumentaram os preços prevendo falta de abastecimento com a paralisação.

No Maranhão, o protesto ocorre em dois pontos da BR-230, sendo um para saída da cidade de Riachão, a 920 km de São Luís, e outro na saída para a cidade de São Raimundo das Mangabeiras, a 1.525 km da capital.

Na noite de quarta-feira, o bloqueio estava apenas próximo da saída do município de Riachão, com o tráfego de veículos como os caminhões e as carretas interrompido.

O bloqueio aumentou nesta quinta-feira (9) com a interdição no limite da cidade de São Raimundo das Mangabeira. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), há ainda interdição no Km 300 da BR-010, em Cidelândia.

O abastecimento da safra de grãos na região Sul do Maranhão já está prejudicado porque os caminhões precisam passar pela BR-230 para chegar ao Porto do Itaqui, em São Luís.

Aliado de Brandão em São Mateus age como coronel e exonera funcionário por apoio a Weverton, Inácio Melo e Márcio Honaiser

Miltinho Aragão: coronelismo e falta de traquejo ao demitir funcionário por apoio a candidatos do grupo de Flávio Dino

O ex-prefeito de São Mateus Miltinho Aragão usou de seu poder e influência junto ao preposto, o seu jovem sobrinho Ivo Aragão, para retaliar um histórico aliado seu em um gesto que surpreendeu a classe política da região pela falta de diplomacia.

Aliado fiel e histórico do ex-prefeito Miltinho Aragão o agora ex-secretário municipal Atanildo Oliveira tem participado de eventos da pré-campanha do senador Weverton Rocha e no último final de semana esteve em Presidente Dutra na presença dos também pré -andidatos Inácio Melo e Márcio Honaiser, que são pré-candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente. Apesar de os dois candidatos serem do mesmo grupo do governador Flávio Dino o “coronel de São Mateus” não aceitou o gesto de independência de Atanildo Oliveira e de forma quase imediata mandou seu jovem sobrinho exonerar o secretário municipal.

Teria Miltinho agido a mando de Carlos Brandão?

Em São Mateus, o comentário é que o coronel de fato, Miltinho Aragão, agiu a mando do seu pré-candidato a governador, Carlos Brandão. Seria um ato extremamente truculento do vice, já que estão todos no mesmo grupo e ainda não foi definido o candidato a governador do governador Flávio Dino.

A atitude vai totalmente de encontro ao discurso pregado pelo governador Flávio Dino que afirma diariamente que quer manter seu grupo político unido e com atitudes truculentas precipitadas, o próprio Brandão prejudica uma possível unidade. Atitudes coronelistas como esta não condizem com o “novo Maranhão”, que começou em 2015.

Brandão comemora posicionamento do PSDB a favor do impeachment de Bolsonaro

Em processo de realinhamento ideológico, o vice-governador Carlos Brandão comemorou que seu partido, o PSDB, se posicionou favoravelmente ao impeachment do presidente Jair Bolsonaro. A tese de afastamento ganha muita força, principalmente após os atos de 7 de setembro.

“O PSDB, mais uma vez, mostra compromisso com o Brasil ao se posicionar pelo impeachment de Bolsonaro. O brasileiro não pode ser penalizado por um desgoverno que desdenha da crise sanitária, se perde na economia e desrespeita a Constituição. Estamos todos juntos pelo Brasil”, escreveu nas redes sociais.

Com adesão de mais prefeitos, Maranhãozinho lança seu nome para o governo

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho lança nesta sexta-feira (3) sua pré-candidatura ao governo do estado. O deputado tem dito que o ato não é lançamento de pré-candidatura, mas de filiação de novos prefeitos ao seu projeto de governo.

Josimar promete ter agora 51 prefeitos dentro do seu arco de controle. Ele tem sob sua tutela os partidos PL, Avante e Patriota.

Em recentes entrevistas, Josimar tem dado a entender que não faz mais parte do grupo do governador Flávio Dino e vai em frente com sua candidatura independente da decisão do palácio dos Leões. Ele não assinou a carta compromisso pela unidade do grupo durante a reunião de partidos no início de julho.

Marco Aurélio defende o nome de Othelino para o senado caso Dino não dispute

O deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) defendeu o nome do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, para disputar o senado federal caso o governador Flávio Dino permaneça até o final do mandato ou seja candidato a vice-presidente.

Durante entrevista à TV Mirante, Marco Aurélio, disse que o presidente da Assembleia seria o melhor nome para uma disputa senatorial. “Se ele fosse disputar um outro mandato, ou se ele fosse permanecer, temos o presidente Othelino que teria uma condição de representar ao Senado, mas que respeita e tem total lealdade ao governador”, afirmou.

O parlamentar também disse que a decisão do governador será respeitada pelo grupo. “Eu acho que é uma decisão do próprio governador, mas que como ele mesmo diz, ou permanecer ou disputar outro cargo, ninguém é pré-candidato a vice. Ele [Flávio Dino] está preparando uma candidatura ao Senado e o assim apoiamos nessa luta porque é uma forma de reconhecer esse grande governo que construiu nesses anos”, disse.