Mais de 80 mil pessoas movimentam terminais maranhenses neste fim de ano

Para as festas de fim de ano, a expectativa é de que, ao todo, mais de 80 mil pessoas movimentem o Terminal Rodoviário de São Luís e os Terminais Aquaviários da Ponta da Espera e Cujupe. Os números são da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) e da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB).
Segundo informações da MOB, o fluxo será de 25 mil passageiros somente no Terminal Rodoviário da capital, entre o Natal e o Ano Novo. A previsão é de que, deste total, 15 mil pessoas movimentem o embarque e 10 mil o desembarque do terminal, durante o período.
De acordo com os dados da EMAP, a estimativa é de que, apenas nos Terminais de Ponta da Espera e Cujupe, o trânsito seja de 61 mil passageiros e 10.500 veículos, nos dias próximos ao Natal e a virada do ano.
A previsão é de que entre 30 de dezembro a 2 de janeiro, transitem pelo menos 22 mil pessoas e 4 mil veículos pelos terminais aquaviários do estado. A expectativa considera que a movimentação deste ano seja semelhante à registrada no mesmo período do ano passado.
Na semana do Natal, que compreendeu os dias 21 a 26 de dezembro, o fluxo nos terminais aquaviários foi 39 mil pessoas e 6.500 veículos. Os números representam queda de 16% de passageiros e aumento de 6% de veículos, em comparação ao ano passado, quando foram registrados 47 mil pessoas e 6.158 veículos no período natalino.
Para o assessor dos Terminais Externos da EMAP, Beijamin Vieira, os dados refletem os efeitos da crise econômica sobre as camadas mais pobres. “Nossa leitura é que a crise atingiu de forma mais acentuada as pessoas de poder aquisitivo menor. No quadro de passageiros, a gente percebe isso nitidamente, pois muitos usuários deixaram de viajar. Em contrapartida, a gente continua vendo que a parcela de veículos continua crescente”, ponderou Beijamin.

Picos de movimentação

Para o Réveillon, a previsão da EMAP é que os dias de maior movimentação sejam 31 de dezembro, com maior fluxo de passageiros saindo do Terminal da Ponta da Espera em direção ao Terminal do Cujupe, e 2 de janeiro, com concentração de usuários saindo do Cujupe para a Ponta da Espera.
De acordo com Beijamin, o volume de usuários nos terminais deverá ser maior no Ano Novo, em virtude do retorno para São Luís de muitas pessoas que estavam com a família no interior do estado, durante as férias de dezembro, ou mesmo no recesso natalino.
“No Ano Novo o movimento é inverso, geralmente você quer curtir com os amigos ou ir a algum evento, alguma festa, então isso gera maior vontade nas pessoas de estar fora da cidade. Por isso, a expectativa para esse período é de que o número de passageiros se mantenha ou até mesmo se eleve, em relação ao ano passado”, concluiu Beijamin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *