Flávio Dino critica oportunismo do Clã Sarney no caso Nenzin

O governador Flávio Dino (PCdoB) deu respostas duras ao grupo Sarney sobre o caso da morte do ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzin. E foi mais duro ainda contra Roseana Sarney.

Flávio chamou Roseana de ex-líder. “Sobre homicídio em Barra do Corda, lamento o triste oportunismo que fez uma ex-líder deste Estado e seus asseclas tentarem
transformar uma tragédia em ataque a meu governo. Um líder político sério deve deixar a Polícia trabalhar e aguardar com prudência”, disse Dino nas redes sociais.

Membros do Clã Sarney na Assembleia Legislativa tentaram colocar a culpa da morte do ex-prefeito no governador tentando criar um clima de “volta da pistolagem ao Maranhão”. Tiveram que ficar calados diante da rápida resolução do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *