Um terço dos deputados estaduais já mudou de partido no Maranhão

Muitos deputados já não estão na legenda pela qual se elegeram; e mais mudanças vão ocorrer até 7 de abril

A janela partidária foi aberta na última quarta-feira (7) e encerra dia 7 de abril. Ou seja, quem tem mandato proporcional (deputados estaduais e federais) só poderia, em tese, trocar de partido durante este período para não terem o mandato questionado pela lei da fidelidade partidária.

Apenas o deputado estadual Rogério Cafeteira trocou de partido após a janela. Ele trocou o PSB pelo DEM. O deputado licenciado Neto Evangelista também deixou sua legenda (PSDB) para se filiar ao DEM.

Mas ao todo 15 deputados já trocaram de legenda mesmo antes da janela. O que corresponde a 35,7% dos parlamentares da Casa. Quem pode reclamar o mandato pela Lei da Fidelidade são o partido pelo qual o deputado se elegeu ou o suplente. Como geralmente, o titular consegue acordo para não ter o mandato cassado. Assim, você acaba tendo mudanças para partidos que nada tem a ver com a ideologia do anterior em nome de uma melhor condição eleitoral.

E agora, com a chegada da janela eleitoral, mais deputados devem mudar de legenda por uma melhor situação eleitoral. Muito se fala ainda em mudança do deputado Eduardo Braide para concorrer ao governo do Estado. Sérgio Frota também deve deixar o PSDB. Andrea Murad deve ir para o partido controlado pelo pai, o PRP. César Pires também estuda troca partidária.

Outros que já mudaram de partido nesta legislatura, estudam trocar novamente. Cabo Campos não deve permanecer no DEM, Sousa Neto deve ir para o PRP, Wellington do Curso também está de saída do PP.

Veja quem já mudou de partido

Glaubert Cutrim (PRB para o PDT)

Ana do Gás (PRB para o PCdoB)

Edson Araújo (PSL para o PSB)

Max Barros (PMDB para o PRP)

Sousa Neto (PTN para o PROS)

Stenio Rezende (PRTB para o DEM)

Ricardo Rios (PEN para o SD e para o PDT)

Rogério Cafeteira (PSC para o PSB e para o DEM)

Neto Evangelista (PSDB para o DEM)

Alexandre Almeida (PTN para o PSD)

Fábio Braga (PTdoB para o SD)

Francisca Primo (PT para o PCdoB)

Wellington do Curso (PPS para o PP)

Levi Pontes (SD para o PCdoB)

Cabo Campos (PP para o DEM)

Uma ideia sobre “Um terço dos deputados estaduais já mudou de partido no Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *