Direção do Curso Wellington decidirá sobre afastamento definitivo de professor machista

Wellington irá demonstrar bom senso afastando funcionário que mancha imagem do seu curso.

A direção do curso Wellington irá se reunir esta tarde para decidir sobre o afastamento em caráter definitivo do professor Hilton Franco, que através das redes sociais chamou a deputada estadual do Rio Grande do Sul, Manuela D’Ávila de “vaca”, a senadora Gleisi Hoffmann de “vagabunda” e utiliza vários palavrões e palavras de baixo calão para ofender desafetos políticos nas redes.

Em entrevista na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Wellington do Curso lamentou as palavras do funcionários, mas disse que era o caso de um afastamento “leve”.

Mas o caso tem incomodado muito outros professores e funcionários do curso Wellington. Por isso, será decidida nesta sexta-feira ( 13) se o caso não é de afastar definitivamente o professor. Vale ressaltar a louvável atitude do deputado Wellington de rever a decisão sobre a punição após a postura inaceitável de seu funcionário para a boa imagem do seu estabelecimento de ensino.

Hilton Franco também é funcionário das redes de ensino estadual e municipal. Os secretários Felipe Camarão e Moacir Feitosa também já deveriam ter iniciado procedimento contra o servidor que mancha a imagem do ensino público estadual e municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *