Velha política: Sarney cada vez mais próximo de Bolsonaro

Se alguém duvidava da influência que o ex-presidente José Sarney teria no governo Jair Bolsonaro, aos poucos, a velha política ficacada vez mais escancarada no “novo” governo.

Em meio a transição, a equipe de Bolsonaro e Michel Temer já vem tendo um grande alinhamento, principalmente na discussão para que o governo que vai encerrar aprove logo a reforma da previdência e não faça com que Bolsonaro tenha que arcar com o desgaste. Mas lógico que não tem almoço grátis e as negociações são intensas para que Temer entregue o governo do jeito que Bolsonaro quer.

Neste contexto, José Sarney passa a ser figura central na relação. Como carta de seguro, Sarney havia feito previsão de impechment a Bolsonaro durante a campanha. Claro que a ameaça era no caso do então candidato não entrar no jogo com a cúpula do PMDB. E o recado foi entendido.

Bolsonaro posou para foto com o vice ao lado de Sarney, que era o único sem cargo de relevância na foto acima. Também estavam o presidente Michel Temer, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, e a procuradora geral de Justiça, Raquel Dodge.

No evento dos 30 anos da Constituição, Bolsonaro bateu continência para Sarney, reverenciando o velho oligarca.

Resta dúvida de que o governo Bolsonaro passará por Sarney?

2 ideias sobre “Velha política: Sarney cada vez mais próximo de Bolsonaro

  1. Desta foto SALVA—-JAIR MESSIAS BOLSONARO—-GENERAL MOURÃO–RAQUEL DODGE——– o resto pode levar para o GRANDE HOTEL PEDRINHAS 5* —em SÃO LUIS==MA……… e deixar mofar até a ida para o INFERNO.

  2. Sarney esteve ao lado de TODOS OS PRESIDENTES desde que entrou na política, em idos de 1954. Mais camaleão impossível !!! Agora com Bolsonaro querendo acabar com o comunismo no Maranhão (sic) é Sarney se aproximando do Capitão/Presidente, creio que o Estado vai passar por graves problemas financeiros devido às interferências do nefasto oligarca. Vamos torcer para que as loucuras de Bolsonaro não passem de falácia e que alguém coloque juízo na cabeça do futuro Presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *