Confusão e recuo de Bolsonaro sobre base militar reforça o quanto Alcântara está a um passo de ser entregue

A mais nova patacoada do presidente Jair Bolsonaro deixou um grande alerta para o Maranhão: o desejo de entregar de qualquer maneira a estrutura do centro de lançamento de foguetes de Alcântara para os Estados Unidos.

Depois de defender a instalação de base militar norte-americana no Brasil, Bolsonaro voltou atrás e garantiu aos comandantes militares e oficiais generais da cúpula das Forças Armadas a informação de que não haverá nenhuma base americana instalada no Brasil durante seu mandato.

Os generais não haviam gostado nada da ideia pois contraria os princípios de soberania e busca de meios de autodefesa estabelecidos pela Política Nacional de Defesa e pela Estratégia Nacional de Defesa.

Muitos acreditam que o presidente confundiu completamente o CLA de Alcântara e sua função com a de uma base militar. A Força Aérea Brasileira negocia com os americanos para o uso comercial da Base de Alcântara, que tem uma das melhores posições geográficas para lançamento de foguetes do mundo. Caso a ideia de base militar seguisse adiante, tendo Alcântara como local de instalação, o entreguismo seria muito pior do que o que já ocorre. Pelo menos com acordo comercial, o Brasil ainda ganharia algum dinheiro com a exploração.

Mas fica cada vez mais clara a submissão de Bolsonaro aos Eua e neste contexto, Alcântara está no centro do entreguismo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *