Adriano Sarney, Wellington e Thiago Diaz tentam barrar pagamento de precatórios

Ao utilizar a tribuna durante a sessão plenária desta segunda-feira (8), na Assembleia Legislativa, o deputado Adriano Sarney revelou como ele, Wellington do Curso e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Maranhão (OAB/MA), Thiago Diaz, tentam barrar o pagamento de precatórios.

O parlamentar relatou que ele, Thiago Diaz – a quem chamou de “competente presidente” – e Wellington do Curso fizeram uma audiência pública que resultou em uma representação contra o Governo do Estado. O objetivo do trio é jogar nas costas do governador uma ação de improbidade pelo não pagamento de precatórios.

A grande contradição – ou a estratégia – é justamente Adriano e Wellington estarem tão empenhados em barrar o empréstimo de R$ 623 milhões que será destinado ao pagamento de precatórios, inclusive a dívida milionária que foi herdada da ex-governadora Roseana, que pagou apenas R$ 38 milhões em apenas três anos.

Adriano revelou ainda que o objetivo da ação de improbidade é impedir a candidatura de Flávio Dino à Presidência da República. Por isso, eles estão se unindo para que o empréstimo não saia, os precatórios não sejam pagos e a ação contra o governador possa correr na justiça.

O mais estranho nesta história toda é a postura do presidente da OAB. Thiago Diaz, como representante dos advogados, sabe mais do que ninguém que o pagamento de precatórios vai beneficiar vários colegas de profissão. Mas o que vale para ele, pelo visto, é a politicagem e a oposição à Dino.

1 thought on “Adriano Sarney, Wellington e Thiago Diaz tentam barrar pagamento de precatórios

  1. Bom dia,engraçado que esses bandos de “Fdp” não estão nem aí para o o povo maranhense, porque se eles tivessem algum precatório a favor deles, com certeza votariam a favor…brincadeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *