Em meio a uma das maiores crises econômicas da história, Edivaldo faz muito

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, concedeu entrevista para o jornal O Imparcial deste domingo (6) tratando do programa São Luís em Obras. O programa está executando obras de asfalto e recuperação de praças e outros equipamentos públicos pela cidade. Mas é importante atentar para uma resposta de Edivaldo que sintetiza a atuação dele durante os quase sete anos à frente da prefeitura de São Luís: planejamento e organização diante da grave crise financeira que atinge o país.

“Iniciei meu mandato com o país em crise, que se agravou ano a ano. Nunca me acuei diante desse cenário de adversidade e busquei no planejamento e criatividade as saídas para driblar as dificuldades. Minha a administração sempre trabalhou com planejamento. À medida em que identificamos as necessidades, vamos elencando as prioridades e planejando a execução das obras e serviços. Dessa forma, fomos evoluindo gradativamente em diversas áreas e, hoje, já podemos visualizar os resultados positivos deste trabalho que vem sendo feito. Outros gestores, mesmo em épocas que não havia escassez de recursos públicos, não conseguiram fazer tanto por São Luís. O programa São Luís em Obras é fruto deste bom planejamento e do compromisso que temos com o cidadão”, afirmou Edivaldo.

E é um fato. Vejamos o que mais significativo fizeram os últimos prefeitos de São Luís de mais relevante em termos estruturais para a cidade: Castelo fez duas avenidas (Santos Dumont e Mario Andreaza) e o prolongamento da Avenida Litorânea (que teve sérios problemas depois); Tadeu Palácio fez os terminais de integração e Jackson Lago com muitos mandatos foi o que mais fez em termos de asfaltamento em bairros.

A grande diferença é que estes gestores tinham muito mais oportunidade de fazer por estarem em um cenário de estabilidade financeira. Governaram em meio a um dos melhores momentos econômicos do país, com a estabilização da moeda no governo FHC e o crescimento vultuoso do governo Lula.

Edivaldo conseguiu fazer muito em meio ao ambiente em que a maioria dos prefeitos dos mais de 5 mil municípios reclamam que não estão conseguindo sequer pagar a folha. Intervenções, obras de canalização que acabaram com problemas históricos de alagamentos, ecopontos, escolas com ar condicionado e licitação do transporte. São obras de grande impacto social, mas que muitas vezes são esquecidas por conta do que mais incomoda a população: a buraqueira e falta de asfaltamento.

Com razão a população reclama deste problema estrutural. E este o que está sendo enfrentado com força pelo programa São Luís em Obras. Já houve muito asfaltamento em outros anos, mas o problema é tão crônico que ainda falta muito e é lógico que é impossível acabar com toda a falta de estrutura de São Luís. Mas conseguir organizadamente aproveitar o período chuvoso para organizar a parte burocrática de captação de recursos, licitação e contratação é um mérito da gestão do prefeito Edivaldo.

Mesmo em crise, faz mais que muitos já fizeram e deixará um legada importante.

2 pensou em “Em meio a uma das maiores crises econômicas da história, Edivaldo faz muito

  1. Pois é…
    O BRASIL não é para principiantes. O Brasil é um ENIGMA envolvido em mistério dentro de uma charada.
    Mas Quanto ao PT, ao Petismo (e seus satélites), bem sabemos: adoram sua mais que divina e complexa Filosofia: o Roubanismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *