Dia de dizer não à corrupção

Informativos sobre o tema foram distribuídos na Praça Deodoro.

A Controladoria Geral da União, em parceria com outros órgãos, realizou ontem (9), na Praça Deodoro, no Centro de São Luís, ato alusivo ao Dia Internacional contra a Corrupção. Houve distribuição de folhetos, música ao vivo, palestras e recolhimento de assinaturas para Emendas à Lei Orgânica do Município.

Além da CGU, participaram a Controladoria Geral do Estado (CGE), o Tribunal de Contas da União (TCU) e do Estado (TCE), a Secretaria Estadual de Fazenda e Movimento Nossa São Luís.

Para o Superintendente da CGU-MA, Roberto Viegas, é importante que a sociedade passe a refletir em duas tendências: o financiamento privado de campanha eleitoral e a perspectiva de impunidade dos governantes. “O Congresso Nacional precisa aumentar as penas para corruptos, mas isso só ocorre com a pressão social. O financiamento privado de campanha é outro grande foco corruptivo. Se alguém paga para eleger uma pessoa, quer retorno, e este retorno vem dos cofres públicos”, afirmou. Para ele, a Ação é um importante passo para que se comece a despertar o interesse das pessoas por estas questões. “As Operações da CGU, do TCU, da PF estão sendo fundamentais. Mas se não houver na ponta o sentimento de transformação na sociedade civil, não teremos melhora”, afirmou.

Os políticos é que não se ineteressaram muito pela Ação. A CGU convidou parlamentares da Câmara Municipal e Assembleia Legislativa para participarem do evento. A única com mandato eletivo que apareceu por lá foi a vereadora Rose Sales (PCdoB).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.