Dirigente do PCdoB nacional auxilia estratégia de Edivaldo Jr.

Walter Sorrentino e Edivaldo Holanda Júnior. Foto: Felipe Klamt.

O PCdoB entrou mesmo de vez na campanha do deputado federal Edivaldo Holanda Júnior (PTC) como se fosse um filiado do partido comunista. Até as forças da direção nacional da legenda estão em prol da candidatura do escolhido de Flávio Dino.

O secretário de organização política do PCdoB nacional, Walter Sorrentino, esteve em São Luís ontem para tratar das eleições principalmente de Sao Luís, onde os comunistas não terão candidato próprio e apoiarão o deputado federal.

Questionei Walter sobre como andam as articulações a nível federal, para que Flávio Dino não enfrente os mesmos problemas de 2010, quando o governo federal, que ele agora faz parte, lhe deu às costas. Walter alfinetou os petistas, dando a entender que Flávio vai para a briga mesmo contra a vontade dos caciques do PT, amigos de primeira ordem do PMDB, da governadora Roseana Sarney. “O PCdoB esta com Lula 2002. É hora de abrir novos caminhos. Nestas eleições, enfrentaremos o PT em Porto Alegre. O PCdoB e outros partidos de esquerda querem se fortalecer. O fortalecimento deste campo é bom para o próprio PT. Pena que o próprio PT não entenda isso”, afirmou.

Edivaldo Júnior aglutina PTC, PCdoB, PDT, PSB e PTdoB. Ele ainda espera contar com o PRTB e o PPS, sendo este último mais difícil o acerto. As negociações em torno do vice do petecista permanecem, embora Roberto Rocha (PSB) seja o mais cotado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.