Declaração de Honorato sobre aliança com PCdoB estremece relação com Washington

Honorato e Washington: relação abalada.

Honorato e Washington: relação abalada.

Um dia depois da entrevista do vereador Honorato Fernandes (PT) ao Jornal Pequeno, veio a resposta do vice-governador, Washiongton Oliveira (PT) no jornal O Estado do Maranhão. As declarações de Washington se referindo a Walter Sorrentino (PCdoB) também foram uma chamada ao líder do governo na Câmara Municipal.

Em sua entrevista ao Jornal Pequeno, quando questionado sobre a aliança do PT com Flávio Dino (PCdoB), Honorato respondeu: “Não tenho dificuldade nenhuma em discutir sobre os projetos para o Maranhão com nenhuma das forças políticas do Estado, desde que o PT faça parte do processo de discussão do Maranhão de forma efetiva. Tenho amigos companheiros que defendem candidatura própria, outros a manutenção da aliança para 2014 e, ainda, outros que defendem a aliança com o PCdoB. Sem dúvida nenhuma, a aliança com o PCdoB é uma possibilidade real que não podemos deixar de avaliar”.

Segundo fontes próximas ao vice-governador, Washington não gostou nada de Honorato ter admitido avaliar a aliança com a oposição. Além disso, o vereador petista disse que era preciso refletir sobre o real papel do PT no Governo do Estado e se o partido tem conseguido contribuir

Em entrevista a O Estado publicada nesta segunda-feira (29), Washington reafirmou que deseja manter a parceria com o governo do estado. “Nós temos uma aliança com o PMDB em nível nacional e aqui com a governadora Roseana Sarney que foi importantíssima. Então, o apoio do PMDB é importante porque é o segundo maior partido do país. E nós temos uma aliança programática, não é uma aliança só pra sustentar o governo”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *