Ministério Público do Maranhão na contramão?

A denúncia que o deputado estadual Rubens Pereira Júnior fez nesta quinta-feira (31) na Assembleia legislativa merece reflexão. O deputado disse que o MPE investiga apenas as representações contra  políticos que fazem oposição ao grupo Sarney enquanto as denúncias contra o governo Roseana são esquecidas.

conselho_mpma_2012

Poderia ser apenas coincidência, mas muitas decisões do MP vão de encontro com o entendimento do Ministério Público Federal, o que há de se estranhar.Vejamos:

A Procuradoria geral República no caso que pede a cassação da governadora deu parecer afirmando que o processo eleitoral de 2010 teve a influência dos convênios eleitoreiros, ou seja, abuso de poder político. Ainda assim, o MPE não toma para si uma ação contra o pleito (a ação que corre na TSE foi movida pelo ex-governador José Reinaldo).

A PGR manifestou parecer favorável a Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a Lei que criou a Fundação Memória Republicana (Fundação José Sarney). Uma ADIN também tramita no judiciário maranhense e o parecer ministerial no Maranhão foi favorável á estatização da Fundação.

O MP acionou o ex-prefeito de Caxias, Humberto Coutinho, por supostos desvios em convênios. Justamente convênios são o maior motivo de denúncias da oposição, as quais o MP não aciona. O mais recente caso envolveu o secretário Fernando Fialho e o instituto Vera Macieira com denúncia de suposto convênio fantasma no valor de aproximadamente R$ 5 milhões. nada foi feito.

Estaria o Ministério Público do Maranhão correto e o Ministério Público Federal errado nos casos Fundação e cassação de Roseana?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *