Prefeitura e Câmara lançam frente de combate à tuberculose‏

Camara_Paulo_Caruá (229)A Prefeitura de São Luís e a Câmara Municipal de São Luís realizaram nesta quarta-feira (30) a solenidade de lançamento da “Frente Parlamentar de Combate à Tuberculose”. A ação reforça a integração dos poderes Executivo e Legislativo municipais para aplicação de políticas públicas de qualidade na cidade, seguindo a diretriz de governo do prefeito Edivaldo Júnior de fortalecimento das parcerias institucionais.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, esteve na Câmara representando o executivo e elencou as ações planejadas pela Prefeitura para aplicação na área. Ela anunciou que para combater o avanço da doença na capital será feita a descentralização do exame.

“O diagnóstico é fundamental. E deve ser feito perto da casa das pessoas. Por isso estamos descentralizando para fazer com agilidade o exame de escarro. A partir de maio, o Hospital da Criança passa a ser a referência principal e o Centro de Saúde do Bairro de Fátima e a Unidade Mista do Bequimão passam a ser referências secundárias”, disse Helena. O programa está implantado em 56 unidades de saúde.

O vereador Josué Pinheiro (PSDC), idealizador da audiência, disse que o assunto deve ser tratado de forma intensa, uma vez que a doença ainda assola não só o Maranhão, mas o país. “No Maranhão, são notificados mais de dois mil casos novos de tuberculose. A frente será fundamental para enfrentarmos o problema, principalmente em relação ao tratamento. Temos que agradecer a equipe que está empenhada para termos um resultado positivo. Saímos daqui com o sentimento de que seremos colaboradores para que estes índices sejam melhores no ano que vem”, analisou.

A Prefeitura tem buscado novas estratégias para combater a doença e uma das ações mais importantes será a implantação – no segundo semestre – do teste rápido molecular que faz a detecção da tuberculose em duas horas, possibilitando o diagnóstico precoce.

A rede municipal de saúde oferece diagnóstico e tratamento para a tuberculose. Apesar disso, a taxa de mortalidade na capital maranhense ainda é de 4%, devido ao alto índice de abandono do tratamento. “É uma doença 100% curável. Com medicamento disponível. Precisamos é do diagnóstico e da manutenção do tratamento. As ações que estamos fazendo de referenciar e de aumentar a atuação do Programa Saúde da Família irão trazer muitos avanços”, explica Duailibe.

O vereador Pavão Filho (PDT), que presidiu a sessão, enalteceu o trabalho que vem sendo feito pela Prefeitura e garantiu que a frente parlamentar irá realizar todos os esforços para ajudar no combate da doença em São Luís. “Esta é a arrancada para a luta de erradicar definitivamente a tuberculose. Temos que agradecer ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior por ter convidado a secretária Helena para esta pasta. Vamos fazer uma grande revolução na saúde com o empenho da secretária”, finalizou.

1 pensou em “Prefeitura e Câmara lançam frente de combate à tuberculose‏

  1. Excelente trabalho, pois no caso da tuberculose quanto mais rápido o diagnostico, melhor para a saúde do paciente e com os locais descentralizados acaba melhorando o atendimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *