Prefeitura decreta luto de três dias pela morte de Batista Matos

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, decretou luto de três dias no município, em respeito à memória do vereador Batista Matos, que morreu nesta quarta-feira, 31, vítima de complicações da covid-19.

“Batista era reconhecido por sua fé em Deus, extremamente dedicado à sua família e ao povo de São Luís. Como jornalista, tinha uma grande capacidade de diálogo e conciliação, sempre preocupado em ajudar ao próximo”, disse em nota.

“Nossa cidade perde uma referência na política e eu perdi um amigo. Neste momento de tamanha dor, me uno à Liana, sua esposa; seus filhos, Samuel e Daniel; demais familiares e admiradores do seu trabalho. Peço a Deus que conforte o coração de todos”, finalizou Braide.

Fábio Câmara assumirá subprefeitura do Centro de São Luís

O blog do Clodoaldo teve com exclusividade a informação de que o ex-candidato a prefeito e suplente de vereador, Fábio Câmara (PDT), assumirá a Subprefeitura do Centro na gestão de Eduardo Braide (Podemos).

Já se especulava que Fábio assumiria um cargo na Prefeitura de São Luís, após uma foto de uma reunião entre o gestor e o ex-vereador, ocorrida nesta segunda-feira, 08.

Fábio Câmara iniciou a sua trajetória política no ano de 2008 como candidato a vereador. Na ocasião ele não se elegeu. Ele só chegou à Câmara Municipal em 2012 até 2016, quando se candidatou a prefeito. Em 2018, foi candidato à deputado federal, chegando à suplência. Em 2020, foi candidato a vereador de novo, desta vez pelo PDT, ficando também na suplência.

São Luís vai entrar no consórcio de prefeituras para comprar vacinas

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou nesta quarta-feira, 10, que a capital vai entrar no consórcio de prefeituras para comprar vacinas diretamente do fabricante.

Braide afirmou que já encaminhou o projeto de Lei à Câmara de Vereadores, que deve analisar e aprovar. Segundo ele, a lei vai permitir que a Prefeitura de São Luís possa comprar diretamente as vacinas.

“Com isso, vamos conseguir agilizar e vacinar o maior número de pessoas em nossa cidade. Estamos juntos na luta contra a Covid”, disse em vídeo nas redes sociais.

Eduardo Braide entrega mais 30 leitos exclusivos para Covid-19 em São Luís

Mais de 30 leitos exclusivos foram entregues nesta quinta-feira, 4, pelo prefeito de São Luís, Eduardo Braide para o combate à Covid-19 na capital.

Os novos leitos, sendo 14 com suporte avançado, foram disponibilizados na Unidade Mista do Bequimão. O espaço para o atendimento a pacientes com coronavírus é separado.

Eduardo ressalta que os novos leitos vão contribuir para desafogar a rede de saúde na capital. “Encerrando a primeira etapa do nosso plano vamos entregar nos próximos dias mais 10 leitos de UTI no Hospital Universitário e o ambulatório de atendimento pós-Covid que também vai funcionar aqui na Unidade Mista do Bequimão”, destacou.

A rede municipal de saúde chega a 110 leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com coronavírus. O Plano Municipal de Enfrentamento às Síndromes Respiratórias prevê a abertura de 120 leitos na capital.

Com limitações, governo do Maranhão autoriza cinemas, shows e festas

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (16), o governador Flávio Dino anunciou que serão reabertos os cinemas, parques infantis e estão liberados shows e festas para até 150 pessoas. Com os atuais números da pandemia do novo coronavírus no Maranhão, o governo entende que estas atividades podem voltar a funcionar.

Os detalhes das regras e todo o protocolo estabelecido serão divulgados na segunda-feira (19), com as regras sanitárias para a abertura estas atividades.

Porém, até o final do ano o governador diz que pode ter maior flexibilização do número de pessoas em festas se os números da covid continuarem caindo. Mas ele confirma que o Réveillon oficial promovido pelo governo está cancelado.

Novo Centro-Dia Infantil atenderá crianças com microcefalia

O prefeito Edivaldo inaugurou nesta segunda-feira (19), o Centro-Dia Infantil – Serviço Especializado da Assistência Social para Pessoas com Deficiência, na Cidade Operária. O projeto pioneiro se constitui em um novo equipamento social desenvolvido pela Prefeitura de São Luís com o propósito de garantir a proteção social especial a crianças com deficiência e, também, a atenção às suas famílias. A obra é fruto de convênio celebrado entre os governos Federal, Estadual e Prefeitura em parceria com o Centro Educacional São José Operário, onde atualmente funciona o Centro-Dia, voltado ao atendimento de jovens e adultos.

O evento contou com a participação do deputado federal Weverton Rocha e do deputado estadual Bira do Pindaré.

O prefeito Edivaldo enalteceu o trabalho desenvolvido na área de assistência social, agora também com uma referência para crianças com deficiência. “Um instrumento muito importante para a cidade. Agora, um novo centro com atendimento infantil. É um espaço não só para atender esta região, mas toda a cidade. Aqui é referência para o país. Na primeira gestão, dentro das parcerias, fizemos um grande e belo trabalho na assistência social, e continuamos agora”.

O novo espaço visa atender crianças de 0 a 6 anos com deficiência, prestando o serviço prioritariamente aos pequeninos nascidos com microcefalia ou doenças associadas. A meta do projeto de expansão é atender até 150 crianças. Os serviços serão prestados por uma equipe multidisciplinar, capacitada e diferenciada, composta de assistentes sociais, psicólogos, terapeutas, profissionais da competência da Assistência Social, além de cuidadores e auxiliares, complementando as ações da saúde e de educação.

O serviço do Centro-Dia é executado pelo Centro Educacional São José Operário, sendo referência nacional na área. O bairro Cidade Operária foi escolhido para a instalação por ser o de maior população de deficientes e idosos, seguido pelo bairro Vila Nova. A informação foi identificada por meio do Benefício de Prestação Continuada (BPC), auxílio que é destinado a pessoas com deficiência e a idosos.

Prefeitura inicia nesta quinta-feira (11/01) o programa Férias Culturais

Agência São Luís
Público participa de uma das oficinas de tambor de crioula promovidas pela Prefeitura
Oficina de tambor de crioula, apresentação teatral ‘Mulheres Guerreiras’ e show com Mairla Oliveira e Paulinho Oliveira (voz e violão) integram a programação do Férias Culturais desta quinta-feira (11), às 18h, no Cine Teatro da Cidade (Centro). O programa é da Prefeitura de São Luís realizado pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e ocorrerá ainda nos dias 18 de janeiro e 1º de fevereiro. As atrações são gratuitas.

“O programa Férias Culturais é uma maneira de levar a cultura da Ilha do Amor para os turistas e ludovicenses de forma lúdica e criativa. Três eventos fazem parte dele e todos são temáticos envolvendo o patrimônio imaterial da cidade, incluindo uma oficina temática, uma peça teatral e apresentações culturais e musicais. O primeiro será nesta quinta-feira (11), com o tambor de crioula em pauta. No dia 18 de janeiro o destaque será para o bumba meu boi, e no dia 1º de fevereiro, os blocos tradicionais vão ser o principal atrativo”, destacou a secretária de Turismo, Socorro Araújo.

A oficina de tambor de crioula será uma oportunidade de aproximar os participantes das raízes de São Luís e despertar a necessidade de preservação do bem tombado patrimônio imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os instrumentos, os cantos e a dança serão comentados por profissionais e pelo público, que poderá interagir a qualquer momento.

A música terá ainda espaço na programação que segue com show dos cantores Mairla Oliveira e Paulinho Oliveira, conhecidos por seus repertórios que animam o público. Na ocasião, eles apresentarão o melhor da música ludovicense, além de sucessos nacionais.

O teatro será representado por meio de peças preparadas especialmente para o programa Férias Culturais, com adaptações e textos que enaltecem a cidade. Nesta quinta-feira, será exibida ‘Mulheres Guerreiras’ que trata do papel determinante da mulher na sociedade. Entre as personagens estão Maria Aragão, Maria Firmina dos Reis e Catarina Mina, ícones da capital maranhense que buscaram sempre o melhor para a igualdade de gêneros e a liberdade da população. Não conhece essa figuras? O Férias Culturais será uma excelente oportunidade para ter contato e vivenciar um pouco dos nomes que fizeram história por aqui.

PROGRAMAÇÃO
Dia 11 – Janeiro
18h – Oficina de tambor de crioula;
18h30 – Apresentação teatral ‘Mulheres Guerreiras’;
19h20 – Apresentação musical com Mairla Oliveira e Paulinho Oliveira (voz e violão).

Dia 18 – Janeiro
18h – Oficina de bumba meu boi;
18h30 – Espetáculo teatral ‘Maranhão de Encantos’;
19h20 – Apresentação Musical com o grupo 1, 2, 3!

Dia 01 – Fevereiro
18h – Oficina de blocos tradicionais;
18h30 – Espetáculo teatral ‘Mistério da Ilha Encantada’;
19h20 – Apresentação cultural do bloco tradicional Os Feras.

Sucesso Total: Feirinha São Luís une economia criativa e Carnaval na primeira edição de 2018

Agência São Luís

Tendo como um de seus objetivos ser mais um canal de escoamento da produção agrícola local, a Feirinha São Luís agrega ainda outros atrativos como gastronomia e artesanato, além da programação cultural que em 2018 chegou em ritmo de Carnaval. Na edição deste domingo (7), a programação cultural foi recheada de atrações carnavalescas como Bicho Terra, Gabriel Melônio, bloco Fuzileiros da Fuzarca e a Escola de Samba Marambaia. Uma realização da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), a iniciativa ocorre sempre aos domingos, de 7h às 15h, na Praça Benedito Leite.

“Daremos continuidade em 2018 a este que é um programa exitoso da nossa gestão e que se consolidou por ser uma ação importante de reocupação do centro, de fortalecimento da agricultura familiar e de incentivo à economia criativa e valorização das manifestações culturais. Hoje á Feirinha é um espaço de comercialização de produtos agrícolas e de lazer para famílias ludovicenses e para turistas”, disse o prefeito Edivaldo.

A presença dos grupos culturais é mais um atrativo para quem visita a Feirinha. Até o Carnaval os domingos na Feirinha serão no ritmo momesco. “Vamos manter a ideia de edições temáticas ao longo desse novo ano, trazendo sempre inovação para chamar o público, como nas edições anteriores. Durante esse período de folia, as atrações carnavalescas maranhenses que são fortes e diversas serão evidenciadas na Feirinha”, disse o secretário.

A turismóloga Raphaela Dias é frequentadora assídua da Feirinha São Luís. “Movimenta o turismo na cidade, pois apresenta em um só espaço artesanato, gastronomia e cultura. E durante o período carnavalesco, podemos mostrar toda diversidade cultural única do Maranhão”, destacou ela.

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e conquistou o público ao longo de 30 edições. Apenas no primeiro ano, movimentou, em média, 15 toneladas de produtos e subprodutos da agricultura local.

Além do carro chefe da feirinha, que tem foco na venda dos produtos da agricultura familiar produzidos na capital, a gastronomia é outro ponto forte e, a cada edição, um novo comandante na Barraca do Chef traz diversas delícias. Dessa vez, a convidada foi Eline Mendonça, do restaurante Tempero da Nega, especializado em comida típica regional.

O jovem empreendedor José de Ribamar Miranda ainda está na universidade cursando ciências biológicas e viu na feirinha uma oportunidade para ganhar uma renda também aos domingos. “Desde a primeira vez que nós da Sonho Gelado – Dindin Gourmet vimos o projeto, nos apaixonamos pela ideia, e procuramos integrar o time de pessoas que utilizam o espaço para movimentar a economia. Daí em diante não paramos mais e pretendemos continuar pois é prazeroso, unimos o trabalho com a diversão em um só lugar”, explicou o empreendedor.

José de Ribamar Miranda, do Sonho Gelado – Dindin Gourmet

A Feirinha São Luís reúne 29 barracas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, 30 destinadas ao artesanato, 22 para alimentação e ainda 12 food trucks. Quem vai à Feirinha pode adquirir produtos agroecológicos diretamente dos produtores.

Prefeito Edivaldo entregará mais um Ecoponto

 

Já está em fase final a construção do Ecoponto no bairro São Francisco, o 9º a ser entregue pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Desde o primeiro mandato o pedetista vem transformando a limpeza urbana de São Luís, unindo coleta eficiente, eliminação de pontos de descarte e conscientização da população.

O novo Ecoponto está sendo construído na Avenida Ferreira Gullar e atenderá principalmente à demanda dos bairros Ilhinha e São Francisco, acabando com pontos conhecidos pelo descarte irregular de resíduos sólidos da região, beneficiando cerca de 20 mil moradores da área.

Os Ecopontos foram criados na gestão Edivaldo e, por meio desses equipamentos, 10 mil toneladas ganharam a destinação adequada, de maio de 2016 a dezembro de 2017. O prefeito já entregou Ecopontos nos bairros Parque Amazonas, Angelim, Bequimão, Habitacional Turu, Jardim América, Jardim Renascença, Residencial Esperança e Cidade Operária.

Esses equipamentos da Prefeitura de São Luís estão deixando a cidade mais bonita e melhorando a vida dos moradores, além de contribuem para a diminuição dos criadouros do mosquito Aedes aegypti e, por consequência, das doenças causadas pelo inseto, como zika vírus, chikungunya e dengue.

“Estamos tendo grandes avanços na limpeza urbana de São Luís e, sem dúvida, os Ecopontos são um dos protagonistas desse novo momento que a cidade está vivendo. O impacto tem sido muito positivo em todas as esferas envolvidas: moradores, catadores, carroceiros e toda a cadeia de reciclagem. Vamos continuar trabalhando para garantir cada vez mais qualidade de vida, desenvolvimento sustentável e geração de emprego e renda”, afirma o prefeito Edivaldo.

As intervenções feitas na limpeza urbana colocam São Luís como pioneira no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS – (Lei nº 12.303/2010), um gargalo nas grandes cidades e que, em São Luís, era motivo de grande preocupação em gestões anteriores a de Edivaldo. Agora, a tendência é seguir avançando e deixando a cidade cada vez mais limpa.

Localização dos Ecopontos
– Ecoponto Parque Amazonas
Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;

– Ecoponto Angelim
Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);

– Ecoponto Bequimão
Avenida 1, s/nº, Bequimão, ao lado do CRAS

– Ecoponto Habitacional Turu
Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados

– Ecoponto Jardim América
Avenida 03, s/nº, Jardim América, ao lado da União de Moradores

– Ecoponto Jardim Renascença
Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo

– Ecoponto Residencial Esperança
Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança

– Ecoponto Cidade Operária
Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real

Que materiais são recebidos nos Ecopontos?
ELETRÔNICOS: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc – até três unidades
ENTULHO: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc – até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
MADEIRAS: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
ÓLEO DE COZINHA: até 5 litros
PNEUS: até 4 unidades
PODAS DE ÁRVORE E RESTO DE CAPINA: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
RECICLÁVEIS: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros – 3 sacos grandes)
VOLUMOSOS: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)
*Quantidades por pessoa/dia

Que materiais os Ecopontos não recebem?
Lixo doméstico
Animais mortos
Resíduos hospitalares
Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner etc

Qual o horário de funcionamento dos Ecopontos?
Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h

Colônia de Artes continua em janeiro na Galeria Trapiche

Da Redação – Agência São Luís

Durante as férias, a Colônia de Artes na Galeria Trapiche já se tornou um destino indispensável para a criançada. Em dezembro, as atividades aconteceram em duas semanas e para 2018 os pais já podem inscrever os pequenos em uma programação diferenciada, que envolve oficinas de desenho, pintura, escultura e modelagem em gesso, argila e biscuit, culinária, confecção de pipa e fotografia, brincadeiras, lanches e atrações culturais para crianças e adolescentes.

A Colônia, promovida pelo Centro de Criações Artísticas – Criart, acontecerá de 8 a 12 de janeiro e de 15 a 19 de janeiro, das 14h às 17h. Os interessados podem se inscrever pelo número (98) 99911-8602. O investimento é no valor de R$ 150,00, que inclui lanche todos os dias e kit com materiais que serão trabalhados durante a semana.

A artista plástica e arte-educadora, Patrícia Menezes, explica como funciona o projeto. “São atividades ministradas por profissionais, arte-educadores, que relembra brincadeiras que as novas gerações estão deixando de lado, como brincadeiras de roda, corrida do saco e entre outras. Promovemos para as crianças momentos de recreação próprios para esta fase, oportunizando um espaço prazeroso, motivador e educativo para o público infantil, que estimule a criatividade, trabalhe a coordenação motora e social”.

“Percebemos a desenvoltura das crianças ao se estimular a arte desde a infância, como a diminuição da timidez, o auxilio para o lado lúdico, criativo, social e de lazer. Trazer isso para dentro da Galeria, além de dinamizar o público do equipamento, incentiva a formação de artistas na cidade. No último dia, é feita uma exposição com todos os trabalhos produzidos para os pais, o que estimula ainda mais as crianças”, frisou Camila Grimaldi, diretora da Galeria Trapiche.

Gabriel Macêdo, de 10 anos, participou pela primeira vez em dezembro e quer voltar todas as vezes que for ofertado. “Aprendi a fazer muita coisa, como bolo, gelatina, doces, pintura em tela, um porta treco de caixa de leite e outras coisas que vou poder fazer e reciclar em casa, que antes iriam para o lixo e agora sei transformar em algo útil. Quero voltar todas as férias e todas as vezes que tiver, gostei muito”.

PERFIL

Patrícia Menezes é artista plástica e arte-educadora. É pioneira nos cursos de artes e artesanato em São Luis, com 12 anos de experiência no mercado. Atualmente dirige o Centro de Criações Artísticas – Criart, localizado na Av. Marechal Castelo Branco, 600 – Ed. Constantino Castro Lj 3 – São Francisco. O Criart oferece cursos e oficinas de artes durante o ano inteiro para crianças, jovens, adultos e idosos e nas férias sempre promove colônias de artes e lazer. As colônias já foram realizadas no Rio Poty, Tropical Shopping, Pizzaria Laguna e na sede do Criart.