Roberto Costa contra-ataca Murad: “age de forma desesperada”

robertocostaA eleição do diretório estadual do PMDB é na próxima sexta-feira (30). e o clima de guerra dentro do partido está acirrado com a proximidade do pleito O grupo do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, lançou a deputada estadual Andrea Murad como candidata a presidente contra o atual comandante, senador João Alberto. Andrea e Hildo Rocha acusaram João Alberto e o deputado Roberto Costa de fraudarem a ata da eleição.

Roberto reagiu às acusações dos adversários no partido. Para o deputado, Ricardo criou o fato por saber que não vence a eleição. “Ele [Ricardo Murad] age de forma desesperada na tentativa de não ser desmoralizado, por não conseguir o apoio da maioria dos diretórios. Eles já perceberam que essa candidatura está sendo repudiada pelos membros do partido. Tanto é, que a chapa deles é formada por 90% de pessoas de Coroatá, isso reforça que eles não têm o apoio para continuar nessa disputa”, disse ao blog do Gilberto Léda.

O deputado disse ainda que a eleição está mantida e não será adiada. Ele acusou Murad de tentar inviabilizar a eleição por não conseguir construir espaço democrático de diálogo. “Não passa de factóide criado por Ricardo Murad que a eleição poderá ser adiada. Na verdade eles estão espalhando isso porque querem criar uma instabilidade em função de não ter conseguido o apoio da maioria dos diretórios, compostos por delegados e líderes políticos. Todos já conhecem sua história. Essa prática de Ricardo já é conhecida nos partidos por onde ele passou. Como ele não consegue construir espaços democráticos de diálogo, ele tenta inviabilizar a conjuntura partidária, tumultuando o processo. Não aceitaremos que o PMDB seja usado como escudo para defender os interesses pessoais de Ricardo Murad, e isso é consenso entre os partidários”, alfinetou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *