Em gravação, Sarney promete ajudar Machado a “se livrar de Moro”

josesarneyA Folha de São Paulo divulgou trechos da gravação de José Sarney em conversa com o ex-presidente da Transpetro e ex-senador Sérgio Machado. O oligarca ajudá-lo a tirar seu caso das as mãos do juiz Sergio Moro “sem meter o advogado no meio”.

“Nós temos é que fazer o nosso negócio e ver como é que está o teu advogado, até onde eles falando com ele em delação premiada”, disse o ex-presidente. Machado, de acordo com a publicação, respondeu que havia indícios de uma delação.

Sarney teria explicado: “mas nós temos é que conseguir isso (o pleito de Machado). Sem meter advogado no meio”.

Machado concordou: “advogado não pode participar disso”, “de jeito nenhum” e que “advogado é perigoso”.

As afirmações de Sarney foram gravadas pelo próprio Machado, que fechou acordo de delação premiada com o STF (Supremo Tribunal Federal) nesta terça-feira (24).

Sarney demonstra grande preocupação sobre uma possível delação de Machado.

Segundo a Folha, a estratégia de Sarney para barrar a possível delação não fica clara nas gravações. Em resposta ao jornal, Sarney disse que não podia rebater as gravações, já que não sabe o conteúdo delas. Mas afirmou que conhece o ex-senador e que as conversas que teve com ele durante os últimos anos foram sempre “pelo sentimento de solidariedade”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.