Grupo de oposição no Simproesemma tenta anular reajuste dos próprios professores

A política sindical pode chegar a níveis extremos. O grupo de oposição a atual gestão do Simproesemma (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão) tenta anular a MP 230 que deixou o Maranhão com o maior salário de professores do país.

O escalado para tentar tumultuar o ambiente é o mesmo de sempre: Marcelo Ponto, o Risada. Ele também atuou contra o governo Jackson Lago. Em 2007, quando a maioria da categoria havia definido fim de uma greve e ele insuflou alguns professores pela permanência no movimento. Na época, à boca pequena, o comentário era que Risada agia sob as orientações de Ricardo Murad, Helena Heluy e Max Barros, ou seja, do Clã Sarney. Hoje, Wellington do Curso e Eduardo Braide comandam o grupo que joga contra os professores.

O Maranhão é o único estado que concedeu reajuste e, consequentemente, tornou o professores maranhenses com o melhor salário do país. E o grupo de oposição o Simproesemma não consegue argumentos para convencer a maioria dos professores que isso é ruim.

O próprios deputados que insuflam parte da categoria, Eduardo Braide e Wellington do Curso, votaram a favor da MP 230, mostrando que é boa para a categoria.

 

1 pensou em “Grupo de oposição no Simproesemma tenta anular reajuste dos próprios professores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *