Bolsonaro é “indigente mental”, dispara Márcio Jerry

O anúncio de que o presidente Jair Bolsonaro pretende reduzir investimentos nas ciências humanas e até retirar sociologia e filosofia da grade curricular foi criticada duramente pelo deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA).

“Quanta estupidez. Medida compatível com o nível de indigência mental e absoluta anemia intelectual de vossa excelência. Que coisa mais retrógrada”, escreveu numa rede social, citando o presidente.

Jerry disse que por ser “obscuro”, Bolsonaro quer “obrigar o país a ser obscuro”. Mas, completou, “ não vai conseguir porque haverá luzes no povo nessa escuridão bolsonarista”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.