Eduardo Braide tenta faturar com aumento de passagem e passa vergonha

O deputado federal Eduardo Braide (Podemos) tenta a todo custo faturar com o reajuste da passagem de ônibus em São Luís. E desta vez errou feio na sua tese para baixar o custo da passagem.  A ideia chegou atrasada porque o governador Flávio Dino já implementou.

Braide propôs a redução estadual na alíquota do ICMS que recai sobre o diesel adquirido pelas empresas de transporte público, como “suposta” saída para a redução na tarifa do transporte público de São Luís, que foi hoje reajustada em R$ 0,30.

O problema é que a proposta chegou cinco anos atrasada. A alíquota estadual sobre o diesel cobrado às empresas maranhenses foi reduzida pelo governador Flávio Dino de 18% para 2% em abril de 2015, justamente como forma de manter os preços do transporte coletivo. Para ser ainda mais justo, o primeiro que fez esta proposta foi o então vereador e hoje deputado federal Pedro Lucas Fernandes. Ou seja, o governo já tirou praticamente todo ICMS do diesel. Não tem mais o que retirar para contribuir com o preço da passagem.

O deputado estadual Yglésio Moyses (PROS) rebateu a falácia de Braide nas redes sociais. O deputado afirmou que a proposta é uma “solução” falsa e sem dados reais sobre o ICMS.

“Eduardo, na verdade já fizeram essa redução há tempos. A alíquota, que era de 18% hoje é de apenas 2% para as empresas de transporte urbano em São Luís. Na dúvida, encaminhe pedido de informações à Sefaz [Secretaria estadual da Fazenda]. Melhor você pensar em outra solução! Essa é control C + control V. Abraços”, emendou Yglésio.

1 pensou em “Eduardo Braide tenta faturar com aumento de passagem e passa vergonha

  1. Braide era para ter votado na assembleia legislativa contra os ICMS. O único voto de abstenção foi o dele. Agora é tarde. Isso é uma jogada para angariar votos para se eleger prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *