Obesidade entra para o grupo de risco no novo decreto

O governo do estado atendeu uma solicitação do deputado estadual Yglésio (PROS) para inclusão das pessoas com obesidade dentro dos grupos de risco da covid-19 e tendo uma série de restrições e prioridades durante o período de isolamento social.

Pelos dados do Ministério da Saúde, a mortalidade dos jovens obesos é mais alta do que os idosos obesos com Covid-19. Entre aqueles com menos de 60 anos, é de 57%, e com mais de 60 anos, de 43%.

De acordo com o novo decreto, pessoas com obesidade mórbida (IMC maior ou igual a 40) estão no grupo de risco. Para os que estão neste grupo, é necessário a adoção do isolamento domiciliar para os profissionais enquanto durar a pandemia. Estes devem exercer suas atribuições em regime de teletrabalho ou home-office, se possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *