Após show lotado disfarçado de live, secretaria de saúde vai multar Valparaíso

O secretário estadual de saúde, Carlos Lula, anunciou nas redes sociais que irá aplicar multa aos responsáveis pela “live” da cantora Mara Pavanelly, realizado na noite desta quinta-feira (30), no Valparaíso Acqua Park.

Ainda no momento do show, já circulavam nas redes sociais imagens do espaço onde estavam os convidados da festa mais afastados de onde estava a cantora, mas em uma grande aglomeração. Claramente, ali estava sendo realizado um show convencional, mas que foi taxado como “live” apenas porque a atração estava sendo transmitida pela internet.

“Impossível a gente avançar se a classe empresarial e a população não nos ajudar. O estabelecimento será autuado pela Vigilância Estadual. Shows não estão permitidos”, afirmou Carlos Lula.

Afinal, se não pode ter “pagodão na Península”, também não pode ser aceita festa com aglomeração no Valparaíso. Ou a regra vale para todos ou para ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *