Audiência discutirá direitos das crianças e adolescentes na Câmara

abuso_infantilSerá realizada neste dia 18 de novembro, segunda-feira, a partir das 10h, na Câmara dos Vereadores de São Luís, a Audiência Pública com o tema Políticas Públicas de Combate à Violência contra Crianças e Adolescentes em São Luís, de autoria do vereador Ricardo Diniz (PHS). Para debater o assunto foram convidados representantes da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (SEMCAS), Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Ministério Público, Rede Amiga da Criança e Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

De acordo com dados da DPCA, a maior incidência de casos de violência está relacionada ao abuso, seguido de maus tratos e lesão corporal. Somente este ano, já são mais de 1.500 casos, superando os dados do ano passado. “E o ano ainda nem acabou. A faixa etária mais atingida está entre 06 e 14 anos”, declarou a delegada Igliana Terezinha de Freitas.

Ainda segundo fontes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, os crimes se evidenciam com maior frequência nas classes de menor poder econômico e entre os mais abusados estão meninas que acabam por perder suas infâncias, às vezes surpreendidas por uma gravidez. “É uma situação estarrecedora, muitas vezes o abuso leva anos a fio para ser descoberto e as sequelas para as vítimas são inúmeras e vão desde: isolamento, abandono escolar a grandes distúrbios psicológicos”, relatou a delegada.

Para piorar a situação, o déficit de pessoal e equipamentos da delegacia compromete o atendimento, uma vez que a demanda é grande. “Isso sem falar na morosidade da justiça. A delegacia que faz um trabalho junto a criança vítima de acolhimento, orientação e encaminhamento a justiça”, explicou Igliana.

Para o vereador Ricardo Diniz, autor da proposição da Audiência Pública para discutir o tema, os governos devem assumir a responsabilidade de ajudar a fortalecer os organismos já existentes e disponibilizar orçamentos em prol da valorização da Educação e da Justiça Social. “Pois a educação é talvez o grande viés para se pensar todas as outras políticas, porque é na educação que se constrói um mundo mais igual”, finalizou.

Veja os dados da violência contra crianças em São Luís*

PERÍODO OCORRÊNCIA QUANTIDADE
01/01/2013 A 31/10/213 LESÃO CORPORAL DOLOSA 287
AMEAÇA 204
ESTUPRO VULNERÁVEL 188
PRESERVAÇÃO DE DIREITO 188
DESAPARECIMENTO 141
MAUS-TRATOS 80
     
2012 LESÃO CORPORAL DOLOSA 295
AMEAÇA 337
ESTUPRO VULNERÁVEL 241
PRESERVAÇÃO DE DIREITO 233
DESAPARECIMENTO 113
MAUS-TRATOS 95
     
2011 LESÃO CORPORAL DOLOSA 203
  AMEAÇA 291
  ESTUPRO VULNERÁVEL 174
  PRESERVAÇÃO DE DIREITO 39
  DESAPARECIMENTO 118
  MAUS-TRATOS 66

Fonte: Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do Maranhão (DPCA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *