Política maranhense em notas

Edivaldo reforça aliança com a base

Prefeito_Edivaldo_Holanda_Junior_Foto_A.Baeta_012O prefeito Edivaldo reuniu em almoço nesta quinta-feira (21) dois terços dos vereadores da Câmara Municipal de São Luís. O encontro ocorreu no restaurante Casa da Juja, no Vinhais. Os vereadores se comprometeram em uma base mais sólida e fortalecida no apoio às ações do governo municipal. Edivaldo se comprometeu em estar mais próximo da Câmara para atender melhor às reivindicações das bases dos vereadores. Dos 31 parlamentares, 21 estiveram no encontro, inclusive um vereador do PSDB. Curiosamente (ou não), o socialista Roberto Rocha Júnior não foi ao almoço.

PSDB municipal também se reforça

pintoO PSDB de São Luís sob o comando de Pinto Itamaraty conseguiu muitas filiações. cerca de 600 pessoas já se filiaram a legenda com o novo comando. Muitos dos novos filiados são lideranças comunitárias importantes que deverão ser candidatos e agregar votos importantes. O PSDB de São Luís ainda tem nomes que podem ser candidatos a prefeito como Neto Evangelista, João Castelo e Luís Fernando Silva. Por mais que o próprio João Castelo reclame a retomada do controle da legenda, não há como negar o fôlego novo para o partido e musculatura para negociar candidatura própria e alianças tanto na eleição proporcional quanto na majoritária.

Castelo irá recorrer da condenação

casteloPor falar em João Castelo, o tucano emitiu nota sobre a condenação à perda da função pública e dos bens e ao ressarcimento de R$ 115,1 milhões aos cofres públicos por improbidade administrativa. Castelo disse que já havia sido absolvido na primeira instância e agora outro juiz refaz a decisão. Sobre a denúncia de não ter demonstrado ocorrências emergenciais em ruas e avenidas da cidade que legitimassem a realização dos serviços que são alvos do processo, Castelo afirma que todos os municípios da Grande São Luís e vários outros do Maranhão decretaram estado de emergência na mesma época. O deputado afirma que a situação de calamidade foi tão grave que o próprio presidente Luís Inácio Lula da Silva visitou o Maranhão na época, deixando evidente a situação de emergência que fundamentou o contrato com a Pavetec.

Debate na UFMA

11151069_875421709187358_2178524132611585148_nOs candidatos a reitor da UFMA José Silva Oliveira, Antônio Gonçalves e Sofiane Labidi participaram de debate nesta quarta-feira (20) e apresentaram suas propostas além de responder aos questionamentos da comunidade universitária. A candidata Nair Portela apesar de convidada não compareceu ao debate e perdeu a oportunidade de confrontar ideias em um auditório lotado. O debate com a mediação do publicitário e presidente da Func Marlon Botão foi organizado pela Apruma-Seção Sindical do Andes–Sindicato Nacional em parceria com os centros acadêmicos dos cursos de Direito, Ciências Contábeis, Comunicação e Serviço Social, aconteceu no auditório setorial do Centro de Ciências Sociais (CCSo) e durou aproximadamente três horas.

Rosário deve mais de R$ 3 milhões em precatórios

precatoriosrosarioA prefeita Irlahi Linhares, que já enfrenta uma CPI (reveja), também corre o risco de ter bloqueado o Fundo de participação dos Municípios. A Prefeitura de Rosário tem até o fim deste ano para quitar R$ 3.273.221,66 em dívidas de precatórios. Levantamento feito pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mostra as decisões judiciais acumuladas pelo Município rosariense de 2003 até o momento e que inclui uma lista de nove credores. A peemedebista pode ser responsabilizada por descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e por improbidade administrativa.

Frente Parlamentar contra violência à Mulher

DSCN6587Nesta quarta-feira (20), foi lançada a Frente Parlamentar de Violência contra à Mulher. A solenidade aconteceu no Plenarinho e contou com a presença de várias entidades e órgãos em defesa da Mulher. A frente visa contribuir, fortalecer e desburocratizar a Rede de Atendimento em Defesa da Mulher no Estado do Maranhão, em conjunto com as demais entidades que atuam no combate à violência contra a mulher. Participaram da Mesa o deputado Zé Inácio (PT), as deputadas Francisca Primo (PT), presidente da Frente; Nina Melo (PMDB), vice-presidente; Valéria Macedo (PDT) e autoridades em defesa da mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *