Recursos do canal do Rio Gangan foram usados integralmente

Canal do Rio Gangan: obra executada pela prefeitura

Canal do Rio Gangan: obra executada pela prefeitura

A Prefeitura de São Luís esclareceu, nesta quarta-feira (26), que o recurso oriundo do governo federal, na ordem de R$ 7.831.431,22, enviado para a obra de Canalização e Retificação do Rio Gangan, foi totalmente gasto para este fim. A prefeitura divulgou a tabela com os repasses e uso.

Diferente do que denunciou o deputado Wellington do Curso, a obra da ponte Pai Inácio, que vai ligar a rua General Artur Carvalho, no Turu, à Travessa Nossa Senhora da Vitória, no Parque Vitória, não estava incluída no âmbito do recurso do governo federal alocado e vai, na verdade, ser construída com investimento próprio em uma parceria da Prefeitura com o governo do Estado.
A título de informação, o valor destinado pelo governo federal – Programa do Sistema de Drenagem e Mananciais de Águas Pluviais do Ministério das Cidades de caráter exclusivo para canalização e retificação de bacias em áreas de risco de alagamentos – tinha como objeto a obra de Canalização e Retificação do Rio Gangan. Dos R$ 7,8 milhões repassados, 100% foi aplicado pra este fim (veja documentos abaixo):
tabela 1tabela 2 valendo
A comprovação da utilização total do dinheiro pela prefeitura na obra do Rio Gangan põe fim ao factóide da oposição e atesta a idoneidade da gestão municipal na aplicação do recurso. Além disso, desmonta o discurso equivocado do deputado Wellington do Curso proferido na Assembleia Legislativa e dos blogueiros que lhe serviram de fonte.  A obra do Canal do Rio Gangam foi anunciada pelo ex-prefeito João Castelo, mas foi concluída e urbanizada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, ganhando inclusive o asfaltamento das pistas que margeiam o canal, iluminação e outras obras complementares.
Quanto à construção da ponte do Pai Inácio, como já esclarecido, não havia recurso federal envolvido (foi usado integral e corretamente na obra do canal do Gangam) e já começa a ser implantada através de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo.
A denúncia do deputado Wellington confundiu a obra de drenagem do Rio Gangan com a construção da Ponte porque, de fato os dois assuntos foram abordados em mesma matéria na época. Em 2013, quando esteve no Turu Velho, o prefeito disse que faria a ponte e já tinha o projeto, o que está acontecendo agora. Edivaldo esperava conseguir os recursos já para 2014, o que não foi possível, mas apenas agora com a parceria com o governo do estado.

2 ideias sobre “Recursos do canal do Rio Gangan foram usados integralmente

  1. Esse deputado Welligton não tem o que fazer e fica falando mal da gestão de Edvaldo, ainda acusa sem provas, ele tem que colocar projetos em pauta e apresentar e não atrapalhar e fazer denúncias falsas, mais uma vez o prefeito mostrou a verdade e esclareceu a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *