Leonardo Sá caminha para formar a maior coligação em Pinheiro

Blog da Silvia Tereza

A candidatura de Leonardo Sá, muito bem avaliado em pesquisas já realizadas, é uma das prioridades do PCdoB para as eleições municipais

A candidatura de Leonardo Sá, muito bem avaliado em pesquisas já realizadas, é uma das prioridades do PCdoB para as eleições municipais

Foto-legenda – Lideranças políticas de peso abraçaram a pré-candidatura de Leonardo Sá em Pinheiro

 Lideranças políticas de peso abraçaram a pré-candidatura de Leonardo Sá em Pinheiro

O pré-candidato a prefeito de Pinheiro pelo PCdoB, vereador Leonardo Sá, caminha para formar a maior coligação na disputa pela Prefeitura do município nas eleições deste ano.  Ele já conta com a adesão de uma corrente de partidos que compreende PCdoB,  PSB, PDT, SDD, DEM, PTC, PR, PHS e PEN, além do apoio da bancada dos seis deputados estaduais comunistas, do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Humberto Coutinho (PDT), do deputado federal Juscelino Rezende (DEM), de vereadores e de diversas lideranças políticas de peso.

A candidatura de Leonardo Sá, muito bem avaliado em pesquisas já realizadas,  é uma das prioridades do PCdoB para as eleições municipais. O projeto tem como principal articulador o deputado Othelino Neto (PCdoB), atual vice-presidente da Assembleia Legislativa, e um dos políticos mais ligados hoje ao governador Flávio Dino (PCdoB).

Por reunir partidos diversos e de peso, Leonardo Sá deverá ter, provavelmente, o maior tempo de TV na propaganda eleitoral, seguido pela coligação do atual prefeito Filuca Mendes, candidato à reeleição. O grupo liderado pelo PCdoB em Pinheiro ainda mantém diálogos com outros partidos para ampliar a coligação, até o final do prazo em julho.

Segundo Othelino Neto, Leonardo Sá tem o perfil adequado para enfrentar o grupo dominante em Pinheiro, pois trata-se de um político moderno e corajoso, que se enquadra nesse histórico projeto de mudança no Maranhão e, particularmente, em Pinheiro. Para o deputado, o pré-candidato é uma alternativa viável a dois modelos já testados e que não fizeram bem à cidade.

Leonardo Sá, que tem a menor rejeição entre os pré-candidatos,  disse que seu grupo político conta hoje com uma grande Frente Partidária  que tem como objetivo mudar o município de Pinheiro e eleger o maior número possível de vereadores. “Entre as alternativas,  reúno as condições necessárias para derrotar o grupo dominante. E, segundo as pesquisas, tenho vantagem na disputa contra os principais adversários”, frisou.

Mudança política

O pré-candidato enfatizou ainda que o partido, liderado pelo governador Flávio Dino no Maranhão, foi responsável pela mudança política no Estado e agora trabalha pela alternância de poder em Pinheiro.

Tanto Othelino Neto quanto Leonardo Sá enfatizaram a recente adesão do deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB), que obteve três mil votos no município nas eleições estaduais. O apoio do parlamentar, que também é líder sindical, tem grande importância política e eleitoral segundo ambos.

“Ele obteve quase três mil votos em Pinheiro para deputado estadual, em 2014, e é mais uma força que chega para esse projeto de alternância de poder, defendido pela oposição no município”, disse Othelino Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *