BOMBA! Eliziane registra candidatura com filiação irregular

elizianegamaEXCLUSIVO – O fator filiação pode colocar em xeque a candidatura da deputada federal Eliziane Gama (PPS) à prefeitura de São Luís. Isto porque a filiação utilizada por Eliziane para o registro de candidatura não era a atual dela no PPS.

A deputada não estava na lista de filiados do PPS enviada à Justiça Eleitoral no prazo legal. Todos os candidatos deveriam estar filiados no partido pelo qual iriam concorrer até 2 de abril deste ano e o prazo de submissão das listas encerrava dia 14 de abril. Então, ela solicitou a inclusão de seu nome em lista especial de filiação.

O juiz Josemar Lopes Santos, da 3ª Zona Eleitoral de São Luís, aceitou a filiação para fins de elegibilidade de Eliziane tendo por base o documento anexado por ela no pedido. Mas o documento é a filiação de Eliziane no PPS antiga, de 26 de julho de 2001. “No caso vertente, o requerente apresenta documentação na qual demonstra que efetuou sua inscrição no PPS , apresentando ficha de filiação à agremiação, com data de 26/07/2001”, afirma o magistrado na decisão do dia 18 de maio deste ano.

Eliziane comprovou filiação ao PPS com ficha de filiação já cancelada, da sua primeira passagem pelo partido

Eliziane comprovou filiação ao PPS com ficha de filiação já cancelada, da sua primeira passagem pelo partido

Porém, como é de conhecimento público, a deputada se desfiliou do PPS e se filiou à Rede Sustentabilidade, inclusive tendo a filiação confirmada pela Câmara Federal. No sistema de registro de filiações do próprio Tribunal Superior Eleitoral (o FiliaWeb), Eliziane aparece filiada á Rede entre 27/09/2015 e 31/03/2016.

A filiação que Eliziane forneceu à Justiça Eleitoral já não estava mais ativa. Ela foi cancelada pela deputada com a data de desfiliação de 1º de outubro de 2015. A filiação que seria regular de Eliziane foi feita em 02 de abril de 2016.

Parece em erro meramente formal, mas o erro é grave. Como todo candidato deve estar regularmente filiado a um partido político no Brasil para concorrer a um cargo eletivo, a deputada federal não estava regularmente filiada, de acordo com a documentação que ela apresentou para alegar sua filiação. Portanto, a filiação apresentada e, consequentemente, com a qual Eliziane registrou sua candidatura, não é válida.

Com base no documento inválido, Justiça Eleitoral autorizou a elegibilidade da candidata

Com base no documento inválido, Justiça Eleitoral autorizou a elegibilidade da candidata

6 ideias sobre “BOMBA! Eliziane registra candidatura com filiação irregular

  1. Vc diz que essa notícia é uma bomba? Fala sério! Bomba seria se ela tivesse desviando dinheiro pra se eleger. Vc trabalhe um pouco mais quem sabe vc encontre uma bomba pra poder publicar.

  2. Meu Deus, se ela comete um erro groteco desses com sua própria filiação, tenho até medo de pensar nos erros que ela poderá cometer se um dia assumir algum cargo executivo, vai destruir a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *