Definida nova Executiva estadual do PT maranhense

Na última sexta-feira (21) os 50 membros do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) se reuniram no centro de estudos da FETAEMA, no bairro do Araçagy, na região metropolitana de São Luís para definir os novos membros da Executiva Estadual do PT.Na última sexta-feira (21/07) os 50 membros do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) se reuniram no centro de estudos da FETAEMA, no bairro do Araçagy, na região metropolitana de São Luís para definir os novos membros da Executiva Estadual do PT.

Os militantes do partido se revezaram em falas e debates sobre a composição da nova executiva, em defesa do Estado Democrático de Direito e em solidariedade ao presidente Lula.

Depois de algumas horas de intensos debates, e de impasses quanto à composição da Executiva, os membros do diretório ligados a chapa do deputado Zé Inácio decidiram se retirar da reunião e abdicaram dos cargos anteriormente pretendidos ficando com os cargos de vogal na Executiva.

A Executiva Estadual do PT será formada por 18 membros. Além do presidente Augusto Lobato e do líder do partido na Assembleia Legislativa deputado Zé Inácio, os outros 16 nomes foram definidos: vice-presidente: Aluísio Moreno; secretaria geral: Terezinha Fernandes; secretaria de organização: Francimar Melo; secretaria de finanças: Genilson Alves; secretaria de comunicação: Cricielle Muniz; sec. de movimentos populares: Creuzamar de Pinho; secretaria de mobilização: Ana Marinho; secretaria de articulação institucional: Layse; secretaria de desenvolvimento agrário: Joaquim e os vogais: Raimundo Monteiro; Francisco Rogério Sousa; Bruno Cacau; Jucelina Ramos vale; Cicília Myrela costa e Rafaela Botelho.

Depois de escolhidos todos os membros da executiva, o Secretário de Finanças Genilson Alves apresentou uma proposta de calendário de reuniões periódicas tanto do Diretório quanto da própria Executiva Estadual. Genilson também elencou algumas atividades prioritárias da nova Executiva eleita.

O final da reunião foi marcado pela fala do presidente Lobato em defesa da harmonia no PT e por um ato em defesa da Democracia e em solidariedade ao presidente lula que vem sendo vítima de ataques sistemáticos de setores da mídia, do judiciário e da direita conservadora.

“Nós vamos continuar nossa luta em defesa da Democracia, do PT e dos avanços que nosso partido conquistou em quase 13 anos na Presidencia. Nós sabemos que o presidente Lula vem sendo massacrado pela mídia e pelos conservadores que não se conformam com o fato de um torneiro mecânico ter sido o melhor Presidente deste país e ter colocado o Brasil entre os grandes no cenário mundial”, defendeu Lobato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *