Guerra do caso Wellington segue

Agora o caso Wellington do Curso virou guerra de vez. A candidatura de Wellington segue indeferida e será julgada no Tribunal Superior Eleitoral. Wellington promoveu um encontro com a imprensa na noite de ontem (21) para falar sobre sua candidatura e que manterá a luta para disputar o pleito deste ano. Imediatamente a direção do PSL reagiu marcando uma coletiva para hoje (22) à tarde.

Wellington tentou fazer uma aproximação com a imprensa. Falou de sua história de luta na vida e que não desistirá de participar do pleito, apesar de saber da dificuldade que terá para reverter o resultado do TRE no TSE.

As coordenações estadual e municipal do PSL convocam imediatamente a imprensa para se explicar. A coletiva será na Sede do PSL – Rua das Andorinhas (ou Rua 11), Q.P, Casa 17, São Francisco, às 15h. O PSL quer dividir a responsabilidade pela defenestração de Wellington, para tentar melhorar a arranhada imagem de Chico Carvalho.

Wellington cogitou até comparecer na coletiva, mas sabe que aí a briga iria deixar de ser verbal para ser na porrada mesmo. Vamos aguardar os próximos capítulos desta novela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.