Nilce Farias vence batalha no TRE-MA e é a prefeita de Guimarães

Registro de Nilce é deferido pela corte do TRE.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) voltou a julgar o caso do município de Guimarães nesta terça-feira (29). O placar estava 3 a 2 a favor de Nilce Farias (PMDB) e o juiz eleitoral Sérgio Muniz havia pedido vista do processo. Nesta terça, Muniz decidiu votar a favor de Nilce, deixando o placar em 4 a 2. Nilce se mantém no cargo. A candidata derrotada, Mary Guerreiro (PSL) mulher do presidente do Tribunal de Justiça (TJMA), Gurreiro Jr., pode até recorrer ao TSE, mas dificilmente a corte superior irá contra a decisão do TRE.

Toda a celeuma foi gerada por conta da desistência do então candidato Artur Farias, irmão de Nilce Farias, que tinha contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele foi substituído por Nilce, na véspera da eleição. A foto de Artur ficou na urna eletrônica. A irmã do candidato substituído teve 4.023 votos (50,89%). Mary Guerreiro (PSL) ficou com 3.882 votos (49,11%).

Veja mais sobre o caso:

Caso Guimarães: Sérgio Muniz pede vista; placar está 3 a 2

Juiz federal manda diplomar Nilce Farias em Guimarães

Dia de protestos por decisão do juiz de Guimarães

Juiz determina nova eleição em Guimarães

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.