O que há de novo na gestão municipal

Editorial de O Imparcial – 12/05/2013

gestaoedivaldo

Quando o prefeito Edivaldo Holanda Jr (PTC), anunciou no dia da posse do seu secretariado que todos trabalhariam com planos e metas que deveriam sem anunciados, avaliados e cumpridos, algo de novo se prenunciava na administração pública municipal de São Luís.

Mas a novidade recém instalada no Palácio La Ravardiére em São Luís criava também uma grande expectativa, não só nos  entusiastas da nova gestão, mas também em grupos antagônicos. Moacir Gadotti tem uma frase que diz que o diálogo se dá entre iguais e diferentes, nunca entre antagônicos. O prefeito então correu os riscos e tornou público o seu plano de ação para os primeiros 120 dias de governo e imprimiu em pouco tempo marcas iniciais em sua gestão: eficiência, transparência, diálogo e honestidade.

Quatro meses depois, hora de avaliar a gestão incipiente e, como dizem por aí “dar a cara a tapa”. Paciência é uma virtude que desenvolvemos com muita paciência, mas não foi preciso tanto para notar as melhorias na cidade. A maioria das metas e resultados foram alcançados, o que contribuiu para a resolução da maioria dos problemas de São Luís.

Só em áreas prioritárias como saúde e educação percebemos a ampliação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); recursos assegurados para reforma e ampliação dos Socorrões I e II e do Hospital da Criança; ampliação do número de leitos de retaguarda em parceria com a Santa Casa e regularização do calendário letivo na rede municipal de ensino, com a concomitante implantação do projeto piloto da escola em tempo integral em três unidades.

Além disso, aceleração de obras de canalização de córregos e aplicação de mais de 32 mil Km² de asfalto em recuperação de ruas e avenidas, melhoria dos serviços de limpeza e iluminação pública; criação de novas linhas de transporte coletivo na região Itaqui-Bacanga e ampliação do número de viagens em várias regiões da cidade; início dos serviços de manutenção e limpeza dos terminais da integração; valorização dos servidores, dentre tantas outras.

Convém lembrar que o prefeito Edivaldo assumiu a prefeitura de São Luís com dívidas acumuladas próximas a R$ 1 bilhão, grande parte delas com restos a pagar. Ainda assim, conseguiu enfrentar uma série de problemas e garantir avanços para a cidade. Mas nada pode ter sido tão significativo, quanto o simples ato de dar mais transparência às suas ações com a publicação do Diário Oficial do Município na Internet, que será esta semana disponibilizado no portal da Transparência, fato realmente inédito em São Luís.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.