Assembleia aprova reativação do “Bolsa Eleição”

assembleiaOs deputados da base governista aprovaram na manhã desta terça-feira (04), a volta do Conselho de Gestão Estratégica das Políticas de Governo, apelidado de “Conselhão” ou “Bolsa Eleição”.

No mês de Julho de 2013, os deputados de oposição denunciaram o uso do conselho para beneficiar aliados políticos da governadora derrotados em eleições de 2010, que ficou popularmente conhecido como “Bolsa Eleição”. No total, 206 aliados, tornaram-se membros do conselho e receberiam mensalmente o valor de R$ 5.850 a título de jeton, sem desconto para imposto de renda, para participar de uma única reunião.

“Após muita pressão por parte dos deputados de oposição, divulgação da mídia local e nacional e da pressão popular durante as manifestações a governadora resolveu extinguir o conselhão.” lembrou o deputado Rubens Júnior (PCdoB), líder da oposição na Assembleia.

A medida provisória 153, foi colocada em votação na Assembleia na manhã de desta terça-feira (04). Ela consiste na reativação o conselhão.

A medida provisória, claro, foi aprovada pelos deputados da base governista na Casa.

Leia mais: 

Roseana acaba com o Conselhão

Oposição pede na OAB ADIN contra o Conselhão

Conselhão continua nomeando políticos derrotados nas eleições de 2012

Volta do Bolsa-Eleição: governo acha nova fórmula para abrigar aliados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.