Para fugir de CPI, prefeito de Santa Quitéria cria feriadão de seis dias

Prefeito Moreirão

Prefeito Moreirão

Essa manobra foi pra lá de desesperada. O prefeito de Santa Quitéria,  Sebastião Araújo Moreira (PR), o Moreirão, instituiu “feriado” nos dias 3, 4 e 8 de setembro. Assim, serão seis dias do município parado, com o final de semana e feriado da Independência do Brasil em 7 de setembro. Vale lembrar que a Legislação só permite a instituição de quatro feriados municipais, sendo um obrigatoriamente a Sexta-Feira da Paixão. Ou seja, teoricamente, o prefeito já gastou todos os feriados do município alegando o festejo da padroeira do município.

O prefeito teve os bens bloqueados e a quebra de sigilo bancário determinada na última terça-feira (1º) pelo juiz Antônio Sales Leite, titular da Comarca de Buriti. Segundo a ação, houve desvio da verba da saúde do município. Teriam sido contratados mais de R$ 2 milhões para a compra de material hospitalar que nunca teria sido entregue.

A Câmara Municipal já teria mais do que número suficiente de vereadores dispostos a abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os ilícitos. Só que quando os vereadores chegaram ao parlamento, “deram com a cara na porta”.

O presidente da Casa e aliado do prefeito, Antonio Crispim, mandou trancar as portas e deixar afixado na entrada o Decreto que instituiu os feriados.

Os vereadores e populares arrombaram a porta com uma ferramenta e fizeram uma “sessão” no pátio. Eles afirmarão que entrarão com pedido de auditoria em órgãos de fiscalização e controle na capital.

Veja o vídeo dos vereadores arrombando o portão da Câmara.

Com informações e vídeo do Blog Interligado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *