Flávio chama para si a responsabilidade de unificar grupo em Imperatriz

rosangelamarcoaurelioSegundo o Blog do Jorge Vieira, o governador Flávio Dino assumiu a responsabilidade da articulação para a composição de uma chapa de consenso das forças de esquerda na cidade de Imperatriz, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Marco Aurélio (PCdoB) e Rosângela Curado (PDT) são os pré-candidatos do grupo dinista na cidade tocantina.

Com as duas candidaturas, a chance de vitória em Imperatriz é quase nula. O sarneysta-socialista (?) Ildon Marques (PSB) é favorito neste cenário. Além disso, o sarneysta oficial Assis Ramos (PMDB) vem crescendo na disputa. Mas a unidade de Rosângela e Marco Aurélio, associada ao desgaste que Ildon certamente terá na campanha pela histórica Ficha suja, dão favoritismo à candidatura que surgir da união PCdoB-PDT.

O próprio Marco Aurélio declarou ao jornalista que a missão de unir as forças estava nas mãos do governador. “O governador Flávio Dino ficou de sentar com o PDT para discutir a sucessão em Imperatriz, se ele achar que eu deva ser o candidato, meu nome está posto, caso contrário vou seguir sua orientação”, afirmou. A reunião será no final de semana para avançar na solução.

Pinheiro deve ter mesmo ação

Outra importante cidade maranhense que deve ter a mesma ação do governador Flávio Dino pela unidade é Pinheiro. Na cidade, Leonardo Sá (PCdoB) e Luciano Genésio (PP) são pré-candidatos. Com cenário muito indefinido ainda pela conjuntura nacional e de comando no Maranhão do PP, o governador deve esperar para tomar uma atitude mais próximo da convenção. Mas é outro município importante onde deve evitar uma divisão que certamente resultaria na vitória do sarneysta Filuca Mendes. E mais quatro anos de sofrimento para os pinheirenses.

1 pensou em “Flávio chama para si a responsabilidade de unificar grupo em Imperatriz

  1. É muito bom saber que muitos são os candidatos pleiteando o mesmo cargo. Isso nos da opção de escolha. Precisamos agora, como candidato, aprender a desenvolver o espírito de coletividade. E deixarmos de lado o velho hábito político brasileiro de; Farinha pouca, primeiro o meu pirão. Há um grande desejo hoje, mais que nunca em todo cidadão Brasileiro, de que surja um novo conceito em nossos políticos. O conceito da coletividade, o conceito da justiça, conceito de que o público é do povo e não patrimônio pessoal. Quero aqui sugerir aos propensos candidatos um vídeo que poderá ajudar em muito o candidato que queira governar para o povo
    bit.ly/29s3ZUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *