MOB garante que ônibus semiurbanos não irão mais parar, mesmo que seja necessário “catraca livre”

Presidente da MOB, Artur Cabral

Presidente da MOB, Artur Cabral

Um grande transtorno foi ocasionado aos usuários dos ônibus semi urbanos, que fazem linha por mais de um município da Ilha de São Luís. Ocorre que problemas de pane no sistema de bilhetagem fizeram com que os empresários sequer tirassem os ônibus das garagens neste final de semana. O resultado foi que muitas comunidades das regiões limítrofes e moradores de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa ficassem sem transporte.

O problema foi todo iniciado com o rompimento do contrato da prefeitura de São Luís com a Dataprom para os ônibus semiurbanos. Desde então, ocorre problemas de pane no sistema (ou boicote da Dataprom).

O titular do Blog conversou com o presidente da Agência de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Artur Cabral. O presidente afirmou que teve a garantia dos empresários de que os ônibus não seriam mais recolhidos, prejudicando milhares de usuários em quatro cidades.

“Neste caso específico, houve pane nos validadores da empresa. Mas tivemos o compromisso da manutenção do sistema. Iremos operar mesmo que necessite catraca livre”, garantiu.

Cabral afirmou que está sendo acordado um contrato tampão com a atual empresa e que em 90 dias um novo sistema que já foi adquirido entrará em vigor.  “Estamos fazendo contrato tampão com a empresa atual, mas o SET [Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís] já comprou o novo sistema e já está sendo instalado. Este sistema é mais moderno tecnologicamente e vai acabar com esta longa história de panes no sistema atual”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.