Davi Telles mostra na Assembleia provas de que praias de São Luís estão 100% limpas

davibalneabilidade

O presidente da Caema, Davi Telles, esteve na Assembleia Legislativa ontem (19) onde demonstrou para Adriano Sarney que de fato agora, diferente da gestão Roseana Sarney, as praias de São Luís estão limpas. Adriano é presidente da Comissão Municipais e convocou audiência pública sobre balneabilidade das praias da grande Ilha de São Luís.

O laudo da Secretaria de Meio Ambiente que atestou a condição de balneabilidade das praias de São Luís. Teles demonstrou que todos procedimentos para análise foram feitos dentro das normas e o laudo não deixa dúvidas sobre a balneabilidade. Sobre a dúvida dos deputados de como isso seria possível em tão pouco tempo, o presidente da Caema demonstrou que a Estação de Tratamento de Esgoto do Vinhais, ETE- recém-inaugurada, tem sido fundamental para reduzir a quantidade de lançamento de esgoto nos rios e nas praias.

Novo laudo atesta limpeza

praias-foto-gilson-teixeira-1

Banhistas aproveitam praias limpas em São Luís

Ainda na audiência, o secretário de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, havia dito que os testes são constantes e que nova aferição cujo resultado sairia hoje (20) poderia demonstrar alguma mudança no quadro. O novo teste comprovou que 100% das praias de São Luís continuam limpas e, consequentemente, próprias para o banho.

As amostras foram coletadas entre terça-feira (11) e domingo (16), pelo Laboratório de Análises Ambientais (LAA) da Sema. Dos 21 pontos monitorados da orla marítima São Luís e São José de Ribamar, todos apresentaram níveis de enterococcus abaixo do que determina a Resolução nº 274/00, do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), que considera águas das praias próprias para o banho quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras, obtidas em cada uma das cinco semanas anteriores, e colhidas no mesmo local, houver no máximo presença de 100 enterococcus/100 mL.

O programa ‘Mais Saneamento’ foi lançado pelo Governo do Estado no ano passado. Executado pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), visa elevar o índice de esgoto tratado na capital, que era de 4%, para 70% até o ano de 2018. As ações do ‘Mais Saneamento’ compreendem a instalação de pontos de interceptação de esgoto, a entrega de duas novas estações de tratamento, a exemplo da ETE Vinhais, que foi entregue em agosto e que tratará progressivamente 40% do esgoto da capital, e da ETE Anil, que está em fase avançada de construção e tratará o esgoto produzido por cerca de 20 bairros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *