Ligação elétrica ilegal mata mulher perto da Beira Mar; vigia que fez a instalação é preso

A polícia prendeu o vigia de um prédio no Centro de São Luís, perto da Beira Mar, responsável por uma ligação elétrica que matou uma mulher na madrugada desta segunda-feira (24). O caso ocorreu na rua Parque 15 de Novembro, atrás da Beira Mar, fora do circuito de Carnaval.

O prédio, da Junta Comercial, passa por reforma de responsabilidade do Iphan, órgão federal que cuida do patrimônio histórico. O Iphan contratou uma empresa privada para executar as obras, a RG Verde.

O vigia dessa empresa eletrificou ilegalmente o portão e o tapume da obra, que são de zinco, um material condutor de corrente elétrica. A mulher encostou no portão e morreu eletrocutada.

Foi feita uma perícia que constatou a corrente no portão. Em seguida, a polícia encontrou a ligação elétrica ilegal.

De acordo com a polícia, o vigia apresentava sintomas de embriaguez e foi encontrado dormindo na parte interna da construção. Ainda segundo a polícia, ele admitiu ter feito a ligação improvisada antes de dormir, para evitar roubos no local. O vigia foi preso em flagrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *