Secretários estaduais de saúde pedem medidas restritivas mais severas em todo país

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde defendeu o endurecimento das medidas de restrição nos estados para combater a pandemia do coronavírus. O presidente nacional do Conass, secretário de saúde do Maranhão, Carlos Lula, divulgou carta elencando as medidas solicitadas em função do avanço da pandemia.

Está sendo solicitada proibição de eventos presenciais, como shows, congressos, atividades religiosas, esportivas e correlatas; suspender aulas presenciais em instituições de ensino, de todos os níveis; fechar bares e praias; e decretar toque de recolher, a partir das 20h até as 6h da manhã e durante os finais de semana.

O secretário pede as medidas para todo país e a restrição em nível máximo (locksown) nas regiões com ocupação de leitos acima de 85% e tendência de elevação no número de casos e óbitos.

1 pensou em “Secretários estaduais de saúde pedem medidas restritivas mais severas em todo país

  1. Clodoaldo não chega a ser contraditório o secretário pede lockdown nacional e aqui no maranhão o governador descarta isso . eu queria entender

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *