Carlos Lula inicia debate sobre vacinação com Secretários de Saúde enquanto Ministério se esquiva de temas polêmicos

No Twitter, Carlos Lula provoca as perguntas: “3 doses de vacinas para idosos? Combinação de doses de vacinas diferentes possuem maior eficácia? Vacinas para crianças? Qual o intervalo entre as doses rende melhor eficácia?”

Os temas foram alvo da discussão, na noite desta segunda-feira (23), do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) durante um encontro virtual fechado para secretários de Saúde de todos os estados, cientistas e médicos especialistas.

Com a omissão do Ministério da Saúde para levar o assunto para a discussão com os gestores da saúde e a classe científica, o presidente do Conass, Carlos Lula, que também é secretário de Saúde do Maranhão, deu o ponta pé inicial no debate.

“Neste momento, as discussões são entre Secretários Estaduais e sua equipe, e com elas esperamos produzir subsídio científico para tomada de decisões para alcançarmos a tão esperada segurança sanitária em nosso país”, twittou Carlos Lula.

Com Carlos Lula, o Conass deve ser a primeira entidade a apontar respostas aos brasileiros sobre as dúvidas da vacinação contra a Covid-19. Enquanto isso, o Ministério da Saúde segue ignorando as perguntas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.